21/06/2024

Amazon anuncia aumento na sua assinatura Prime

Reajuste de preço foi confirmado no mesmo dia do relatório fiscal da empresa do 4º trimestre de 2021, onde apresentou um resultado positivo.

Na semana passada, exatamente na quinta-feira (3), a Amazon confirmou o que era previsto por analistas de mercado, um reajuste de US$ 20 na assinatura do serviço Prime, sendo que esse aumento será inicialmente apenas nos Estados Unidos. O plano mensal saiu de US$ 12,99 para US$ 14,99, enquanto que o anual foi de US$ 119 para US$ 139.

O reajuste dos valores entrará em vigor a partir do dia 18 de fevereiro, sendo que para os assinantes antigos, a cobrança do novo preço será aplicada após o dia 25 de março.

Como justificativa para o aumento, a Amazon falou sobre os custos relacionados a salários e logísticas, assim como a expansão dos benefícios oferecidos aos colaboradores por meio da pandemia da Covid-19.

Antes da confirmação da Amazon sobre a virada de preço, analistas já previam tal movimento. Mark Mahaney, da Evercore IS, afirmou que o aumento seria compreensível, uma vez que o combustível, assim como o transporte rodoviário ficaram mais caros. Com mais de 200 milhões de assinantes mundialmente, para Mahaney, a expectativa era que o reajuste seria aceito pela maioria em detrimento dos benefícios do plano.

Assim como foi previsto o reajuste, agora basta esperar para ver o que os usuários estadunidenses vão achar do novo valor. Além disso, aguardar quando chegará no Brasil para saber qual será a reação dos assinantes brasileiros, que pagam R$ 9,90 no plano mensal e R$ 89 no plano anual, além de poder ter 30 dias de acesso gratuito ao serviço.

LEIA TAMBÉM:

–> Amazon é notificada pelo Procon de São Paulo por cupons de desconto

–> Amazon é a empresa que os americanos mais confiam, segundo pesquisa

–> Falha no Amazon Web Services causa queda do iFood e Disney+

Relatório Fiscal

Também na quinta-feira, a Amazon divulgou o seu relatório fiscal referente ao quarto trimestre de 2021. O resultado apresentado foi positivo, sendo que o principal é atribuído ao retorno dos investimentos na fabricante de veículos elétricos Rivian e ao aumento da receita proveniente das divisões de computação em nuvem (AWS) publicidade digital.

Após o anúncio dos lucros da empresa, que praticamente dobraram no quarto trimestre do ano passado, as ações da Amazon chegaram a subir 13% na sexta-feira (4). Segundo alguns especialistas, a expectativa, até então não confirmada, do aumento no preço do Prime também contribuiu para o desempenho dos seus papéis no mercado de ações.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários