InícioInternet Banda LargaUsuário instala antena da Starlink no carro e é multado

Usuário instala antena da Starlink no carro e é multado

Caso ocorreu nos Estados Unidos, após Elon Musk prometer que o serviço de banda larga via satélite se tornará móvel em breve.

Usuário instala antena da Starlink no carro e é multado
Imagem: CNBC

Na última sexta-feira, 2 de julho, um oficial da Patrulha Rodoviária da Califórnia, nos Estados Unidos, multou um motorista que parafusou em um carro uma antena parabólica da rede Starlink.

Recentemente, Elon Musk, fundador da SpaceX, afirmou que em breve o serviço de internet banda larga via satélite estará disponível de qualquer lugar, inclusive em veículos em movimento.

Entretanto, ninguém esperava que alguém instalasse o equipamento no capô frontal do veículo, obstruindo parte da visão do motorista.

As antenas da Starlink foram desenvolvidas para que os próprios usuários as instalassem.


VEJA TAMBÉM:

–> Satélites da Starlink vão levar 5G para áreas remotas

–> Starlink reduz custos de produção, mas preço de ‘kit de recepção’ continua caro

–> SpaceX inicia ‘pré-venda’ de internet da Starlink no Brasil

Ou seja, basta que o cliente monte a antena e a aponte para o céu (independentemente da direção) que ele terá acesso à internet via satélite.

No entanto, pelos termos atuais da Starlink, o usuário só pode utilizar a antena de forma fixa e no endereço de contratação do serviço.

Durante a abordagem, o oficial perguntou se a parabólica não estava bloqueando a visão do motorista, o qual recebeu a resposta: “só quando eu viro à direita”.

Além de obstruir a visão, o equipamento pode se soltar e acertar outros veículos.

O motorista alegou que instalou a antena para trabalhar utilizando a internet da rede Starlink.

Imagem: CNBC

No Brasil, por exemplo, conduzir veículos com equipamentos e acessórios proibidos pode gerar uma multa de R$ 195,23, 5 pontos na carteira de motorista, além da possibilidade de ter o carro retido até regularização.

De acordo com Musk, já existem 70 mil usuários ativos na Starlink, com expectativa de atingir mais de 500 mil usuários nos próximos doze meses.

O empresário também promete que a internet via satélite terá cobertura mundial até agosto de 2021.

Para o Brasil, a SpaceX já abriu uma empresa nacional com o objetivo de ofertar futuramente o serviço no país.

Além disso, a empresa solicitou autorização junto à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para a utilização de estações terrestres da Starlink, o que pode ser visto como o pontapé inicial para que o serviço passe a operar no Brasil.

Com informações de CNBC e Tecnoblog.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

1 COMENTÁRIO

Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários