Na Coréia do Sul, clientes processam operadoras por ‘5G lento’

Baixa performance da rede de nova geração tem gerado insatisfação nos usuários.

Na Coréia do Sul, clientes processam operadoras por '5G lento'

Enquanto o 5G ainda não tem data para chegar no Brasil, uma ação coletiva na Coreia do Sul está cobrando das operadoras de telefonia uma melhor performance nas redes de nova geração.

Os sul-coreanos foram um dos primeiros a experimentar as redes 5G, ainda em abril de 2019.

No entanto, de lá para cá, a velocidade da conexão móvel ainda não chega perto do que foi prometido pelas operadoras.

No ano passado, por exemplo, a velocidade média do 5G na Coréia do Sul era quatro vezes maior que a do 4G.

VEJA TAMBÉM:

–> 5G já está disponível em mais de 1.600 cidades ao redor do mundo

–> Edital do leilão do 5G completa 90 dias sob análise do TCU

–> Usuários no 5G consomem quase 3 vezes mais dados do que no 4G

Teoricamente, a velocidade deveria ser vinte vezes maior do que o 4G, como era propagado pelas operadoras.

Diante disso, a ação coletiva já reuniu 520 consumidores insatisfeitos.

O representante do grupo já afirmou que mais usuários devem aderir ao processo.

A ideia é pedir uma compensação das operadoras SK Telecom, KT e LG Uplus pelo não cumprimento dos termos dos serviços.

Atualmente, a rede móvel no país é suportada principalmente pelo espectro de 3,5 GHz. Porém, é esperado que ocorra uma melhora da performance nacional com a implantação das ondas milimétricas, na faixa de 28 GHz.

Segundo um recente estudo realizado pela Ericsson, a insatisfação dos usuários não é restrita à Coreia do Sul.

A fabricante sueca apontou que em todo o mundo, 70% dos usuários do 5G não estão felizes com os produtos oferecidos com os novos planos de telefonia celular.

As ofertas 5G não são muito diferentes das que já são oferecidas no 4G em muitos mercados, ressaltou a Ericsson.

Já no Brasil, a expectativa é que o leilão de frequências seja realizado neste segundo semestre.

O Governo Federal promete que o 5G estará disponível em todas as capitais brasileiras até julho de 2022.

Com informações de Teletime.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
3 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários