Início5G5G já está disponível em mais de 1.600 cidades ao redor do...

5G já está disponível em mais de 1.600 cidades ao redor do mundo

Rede de nova geração acaba de ser ativada no Peru, Rússia, Chipre e Uzbequistão. No Brasil, a data do leilão ainda é incerta.

5G já está disponível em mais de 1.600 cidades em todo o mundo

De acordo com um novo relatório da empresa Viavi, a cobertura da rede 5G já está disponível em 1.662 cidades localizadas em 65 países ao redor do mundo.

Deste total, 376 cidades estão localizadas na China, 284 nos Estados Unidos, 95 nas Filipinas, 85 na Coreia do Sul e 81 no Canadá.


Com isso, a região da Ásia e do Pacífico mantem a liderança com 641 cidades atendidas com o 5G.

Em seguida, aparecem a Europa, Oriente Médio e África, com 623 localidades, e a região das Américas, com 398 cidades.

VEJA TAMBÉM:

–> Usuários no 5G consomem quase 3 vezes mais dados do que no 4G

–> Leilão do 5G fica para o segundo semestre

–> Anatel já traça planos para a chegada do 6G no Brasil

Somente em 2021, 301 cidades passaram a contar com a rede de nova geração.

Peru, Chipre, Rússia e Uzbequistão ativaram neste ano as suas primeiras redes 5G comerciais.

Agora, mais de um terço dos países do mundo contam com pelo menos uma rede de quinta geração ativa.

Entretanto, a Viavi ressalta que a qualidade e velocidade dessas redes podem variar muito de região para região, dependendo das frequências utilizadas.

“Embora estejamos vendo um salto significativo no número de redes sendo implementadas, nem todas as tecnologias 5G são criadas da mesma forma. As redes que operam em frequências de banda baixa, média e alta têm um desempenho muito diferente em termos de alcance e taxa de transferência, aumentando a importância da garantia e otimização da rede para cumprir de forma consistente a promessa do 5G”, afirmou Sameh Yamany, diretor de tecnologia da Viavi.

Brasil

Já no Brasil, o edital para o leilão do 5G ainda está sob análise do Tribunal de Contas da União (TCU), sem previsão de um prazo para aprovação.

Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações, todas as dúvidas da área técnica do TCU já foram sanadas, mas o texto do edital ainda não foi encaminhado ao gabinete do ministro do TCU, Raimundo Carreiro, que será responsável pela redação final.

A expectativa é que o certame seja realizado no segundo semestre, mas ainda não há uma data oficial para tal.

Com informações de Assessoria de Imprensa Viavi.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

2 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários