Investimentos no 5G devem chegar a R$ 40 bilhões nos próximos 20 anos

Estimativa foi informada pelo presidente da Anatel, Leonardo Euller.

Celular com a inscrição do 5G na tela.
Imagem ilustrativa.

O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Leonardo Euler, disse que o 5G deve revolucionar toda a sociedade e os meios produtivos.

Segundo Euler, não se trata apenas de mais um G, mas de um guarda-chuva que envolve e potencializa outras tecnologias.

Em entrevista para o programa “Brasil em Pauta”, da TV Brasil, Euler explicou que o 5G será catalisador de tecnologias como a Internet das Coisas, inteligência artificial, robótica, inteligência mista e aumentada.

A afirmação está de acordo com a fala do ministro das Comunicações, Fábio Faria, que disse que o 5G deve modificar a vida das indústrias e empresas, assim como o 4G modificou a vida de pessoas.

“Nós teremos ‘coisa’ falando com ‘coisa’, isso se chama IoT (sigla em inglês para internet das coisas)”, disse o ministro em entrevista à jornalista Lilian Tahan, do Metrópoles.

VIU ISSO?

–> EUA estão dispostos a financiar 5G no Brasil

–> 5G poderá substituir banda larga fixa residencial

–> Veja quanto vai custar o primeiro smartphone 5G do Brasil

Isso deve acontecer por causa da baixa latência trazida com o 5G, que é o tempo que os dados demoram para trafegar. Segundo Euler, a rapidez será equivalente a de um piscar de olhos.

Atualmente, o edital do leilão 5G está sendo apreciado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e a licitação deve acontecer até agosto deste ano.

“Vamos liberar a outorga do direito de uso da frequência, que são essas vias por onde os sinais trafegam”, explica o presidente da Anatel.

Euler ainda explica que o leilão não terá um caráter arrecadatório, já que além de implantarem o 5G, as empresas que adquirirem faixas de frequências terão a obrigação de investirem na cobertura de internet em estradas e localidades que ainda não contem com conectividade alguma.

Ainda de acordo com o presidente da Anatel, o novo padrão de tecnologia de quinta geração para redes móveis e de banda larga deve trazer cerca de R$ 40 bilhões em investimentos nos próximos 20 anos.

Com informações de TV Brasil.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários