Anatel aprova venda bilionária da Copel Telecom

Após leilão disputado, fundo Bordeaux arrematou 100% das ações da operadora paranaense.

Anatel aprova venda bilionária da Copel Telecom

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) concedeu anuência prévia para a venda da estatal Copel Telecom para o fundo de investimentos Bordeaux.

A aprovação da agência vale por 180 dias, podendo ser prorrogado mais uma vez por igual período, caso mantidas as mesmas condições societárias.

A unidade pertencia à Companhia Paranaense de Energia (Copel) e foi arrematada em leilão realizado em novembro do ano passado.

A Algar Telecom também tinha interesse na compra da Copel Telecom, mas foi vencida pela Bordeaux após 18 rodadas.

VEJA TAMBÉM:

–> Bordeaux formaliza compra bilionária da Copel Telecom

–> Venda da Copel Telecom aponta cenário positivo para a Oi

–> Sercomtel anuncia programa de demissão voluntária

No negócio, o Bordeaux comprou 100% das ações da Copel Telecom por R$ 2,4 bilhões, valor 71% acima do preço inicial, que era de R$ 1,4 bilhão.

Na época, Daniel Pimentel Slaviero, o então presidente da operadora paranaense, afirmou que a privatização da Copel Telecom ocorreu em um “timing perfeito”.

Diante da pandemia, ele afirmou que a Covid-19 demonstrou a importância das telecomunicações, a ponto de valorizar a empresa e quase dobrar o valor mínimo do leilão.

A venda da Copel Telecom era planejada desde 2017, com o contrato de compra e venda sendo assinado em 14 de janeiro de 2021.

Parte dos detalhes dos atos praticados para realizar a operação foram colocados sob sigilo pela Anatel, a pedido do fundo de investimentos.

Além da Anatel, a venda da Copel Telecom ainda depende da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Vale lembrar que o Bordeaux também adquiriu outra operadora paranaense, a estatal Sercomtel, por R$ 130 milhões, 900% acima do lance mínimo.

Entretanto, neste caso, tanto a Anatel quanto o Cade já aprovaram o negócio.

O fundo Bordeaux é controlado pelo empresário Nelson Tanure e o ex-ministro das Comunicações Hélio Costa.

Com informações de Telesíntese.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários