Bordeaux arremata Copel Telecom por R$ 2,4 bilhões

Em leilão disputado, fundo de investimentos bate Algar Telecom e leva a operadora paranaense.

Nesta segunda-feira, 9, o fundo de investimentos Bordeaux comprou a Copel Telecom pelo valor de R$ 2,395 bilhões, lance 70,94% superior ao valor inicial de R$ 1,401 bilhão.

O preço de referência já superava a expectativa do mercado, que estimava um valor de venda entre R$ 500 milhões e R$ 800 milhões.


A privatização da Copel Telecom era planejada desde 2017.

Após 18 rodadas, o Bordeaux venceu a Algar Telecom, que havia feito uma oferta de R$ 2,204 bilhões pela operadora paranaense.

Também participaram do leilão o Consórcio Calgari, formado pela Vivo e a Fibrasil Infra, além do Consórcio Economia Real Telecom, formado por fundos de investimentos, BTG Pactual, entre outros.

VIU ISSO?

–> Presidente da Copel Telecom defende venda da operadora

–> Tribunal de contas multa executivos da Copel Telecom

–> Justiça suspende contrato da Copel

Em agosto passado, o Fundo Bordeaux, controlado pelo empresário Nelson Tanure e o ex-ministro Hélio Costa, já havia comprado outra operadora paranaense, a Sercomtel, por R$ 130 milhões, ágio de 900% sobre o preço inicial.

A privatização da Sercomtel já recebeu sinal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e aguarda parecer técnico da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Com informações de Teletime.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários