Amazon fecha acordo e compra estúdio MGM para enfrentar a Netflix

Conforme esperado, a gigante varejista adquiriu o clássico estúdio responsável pela franquia 007 e outras.

A Amazon e a MGM anunciaram hoje, 26, que chegaram a um acordo no qual a varejista adquire o estúdio em uma transação no valor de US$ 8,45 bilhões (R$ 45 bilhões no câmbio desta quarta).

Há somente dois dias o Minha Operadora antecipava que “a qualquer momento” o negócio poderia ser fechado. Este representa um importante ativo para o e-commerce de Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo.

Agora a Amazon passa a ser detentora de uma biblioteca de conteúdo composta por cerca de 4 mil filmes e 17 mil horas de programação para a TV.

Com isso, o Amazon Prime Video vai ganhar um reforço no catálogo e desta forma a expectativa é que consiga atrair mais assinantes. O Prime Video compete com outros gigantes do ramo como a Netflix e o Disney+.

VEJA TAMBÉM:

–> Canal MGM está disponível para assinatura na Apple TV

–> Amazon fará anúncio ‘bombástico’ a qualquer momento

–> Aquisição bilionária promete transformar mercado de streaming

A MGM é um estúdio quase centenário, tendo sido fundado noventa e sete anos atrás, em 1924. Entre as franquias mais famosas da marca estão James Bond e Rocky.

Além disso, também está por trás de seriados populares como The Handmaid’s Tale e Vikings, assim como o formato dos programas de televisão Shark Tank e The Voice.

Para a Amazon, a aquisição “vai prover aos consumidores um enorme acesso” às obras da MGM e “empoderar” o estúdio para que continue a contar histórias.

“O verdadeiro valor financeiro por trás deste acordo é o tesouro da propriedade intelectual na forma do profundo catálogo que planejamos reimaginar e desenvolver junto ao talentoso time da MGM. É muito empolgante e abre espaço para grandes oportunidades”

Mike Hopkins, vice presidente do Prime Video e Amazon Studios

Até agora, a divisão de entretenimento e mídia da Amazon era parte pequena do conglomerado, apesar de investir bilhões em conteúdo a cada ano.

Boa fatia dos assinantes têm acesso ao catálogo por meio do Amazon Prime, que dá direito aos filmes e séries do Amazon Prime Video.

De acordo com as estatísticas, das mais de 200 milhões de pessoas que são assinantes do Amazon Prime no mundo, 175 milhões delas fizeram streaming de algum vídeo no ano passado.

Passado e futuro

Os primeiros relatos de uma possível aquisição da MGM pela Amazon começaram a ser ventilados na segunda metade do mês de maio, cinco meses após o estúdio ser reportado como disponível para compra.

O mercado hollywoodiano passa por um processo de consolidação para ver quem domina o setor de streaming. A AT&T recentemente “vendeu” a WarnerMedia para sua divisão de televisão Discovery.

Depois da Disney, essa fusão se posiciona como o segundo maior conglomerado de mídia levando em conta a receita. Isso pode resultar em, no futuro, a HBO Max e a Discovery Plus se tornarem um só serviço.

Também se ventilou recentemente que a Amazon poderia estar interessada em uma aquisição futura da WarnerMedia e que a junção desta com a Discovery poderia ser um meio para um fim, ou seja, a venda futura do conglomerado.

Resta saber se a presente compra da MGM saciou o apetite da varejista ou se ainda tem espaço para mais.

Com informações de The Verge

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários