InícioRegulaçãoNelson Takayanagi: Morre ex-gerente da Anatel

Nelson Takayanagi: Morre ex-gerente da Anatel

Executivo contribuiu com o marco regulatório dos serviços móveis, além da implantação da portabilidade numérica no país.

Nelson Takayanagi: Morre ex-gerente da Anatel
Imagem: Anatel/Reprodução

Neste sábado, 3 de abril, faleceu Nelson Mitsuo Takayanagi, ex-gerente geral de comunicações pessoais terrestres, na Superintendência de Serviços Privados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Segundo amigos, ele ficou 21 dias internado para tratamento da Covid-19, mas não resistiu às complicações da doença.


Nas redes sociais conhecidos classificaram Nelson como “um grande amigo, da melhor qualidade”, “companheiro de fácil e fino trato” e “diplomata nas divergências entre companheiros”.

Aos 77 anos de idade, ele deixa esposa e dois filhos.

VIU ISSO?

–> Mauricio Vargas: Morre o fundador do site ‘Reclame Aqui’

–> Covid-19: Governo de SP pede por SMS que a população fique em casa

–> Governo de São Paulo mantém monitoramento de celulares até junho

Formado em engenharia eletrônica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (1966), Takayanagi era mestre em direção estratégica de telecomunicações pela Universidade Européia do Atlântico (2015) e doutor em educação pela Universidade Internacional Iberoamericana do México.

Ele dedicou a vida às telecomunicações, trabalhando nas empresas Embratel, Telemat, Telebras, além do Ministério das Comunicações.

Após a privatização das telecomunicações, ele foi convidado para integrar a Anatel, entre os anos de 1997 e 2011, onde atuou em vários cargos.

De acordo com a agência, ele trabalhou intensamente no marco regulatório dos serviços móveis no país, nas normas de interconexão e na implantação do serviço de portabilidade numérica.

Ele também auxiliou na elaboração de editais de licitação de frequências que trouxeram a telefonia móvel para o Brasil.

Ele se aposentou na Anatel, em 2011, passando a exercer atividades de consultoria regulatória, além de continuar estudando, fazendo mestrado e doutorado.

O Conselho Diretor da Anatel publicou nota lamentando o falecimento e se solidarizando com a família e amigos.

Em paralelo às telecomunicações, desde 1979, Nelson se dedicava ao Aikido, o qual acabou se tornando professor e um dos grandes mestres da arte marcial japonesa no país.

Em 1999, Nelson também passou a praticar outra técnica, o Shinto Muso-ryu Jodo.

Com informações de Anatel e Aizenkai.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

1 COMENTÁRIO

Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários