Mauricio Vargas: Morre o fundador do site ‘Reclame Aqui’

Site é considerado uma referência na defesa do consumidor, mas é ignorado pelas operadoras.

Maurício Vargas: Morre o fundador do site ‘Reclame Aqui’

Na noite desta sexta-feira, 2 de abril, faleceu Mauricio Vargas, fundador e presidente do site Reclame Aqui.

Aos 58 anos de idade, o empresário morreu vítima de complicações da Covid-19.

Natural de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, ele deixou pais, irmãos e dois filhos.

Conhecidos o descreviam como inspirador e criativo, além de ser uma pessoa alegre.

VIU ISSO?

–> Operadoras brasileiras abandonaram de vez o Reclame Aqui?

–> Vivo e NET/Claro são as empresas mais reclamadas dos últimos meses

–> Reclame Aqui: agora é possível enviar reclamações por WhatsApp

O Reclame Aqui é considerado uma referência na defesa do consumidor, ao permitir que usuários possam registrar queixas sobre produtos e serviços prestados por empresas, inclusive operadoras de telecomunicações.

A ideia do site surgiu há 20 anos, quando Vargas quis divulgar uma reclamação sobre a perda de um voo que o levaria para uma entrevista de emprego.

Entretanto, apesar de registrar centenas de milhares de queixas, as operadoras Vivo, TIM, Claro, Oi e SKY ignoram as reclamações registradas pelos clientes na plataforma.

Juntas, elas somaram mais de 145,9 mil reclamações sem resposta somente nos últimos seis meses.

Diante desse descaso, as operadoras aparecem no ranking das empresas menos avaliadas pelo site, além de entrarem na categoria de empresas “não recomendadas”.

Em 2017, o próprio Mauricio publicou artigo explicando que as empresas de telecom desistiram de participar do Reclame Aqui depois que o volume de reclamações aumentou.

Já as operadoras argumentam que já contam com diversas formas de contato para resolver demandas dos clientes, o que tornaria o trabalho do site desnecessário.

Uma exceção é a regional Algar Telecom, que apresenta índice de 99,8% de reclamações respondidas no site Reclame Aqui, tendo nota geral de 8.6 de 10.

A operadora mineira também mantém um índice de 92% de solução das queixas registradas e 77,8% dos usuários afirmam que voltariam a fazer negócio com a empresa.

Covid-19 no Brasil

Até o momento, o país já registrou 12.912.379 casos de Covid-19 e 328.366 mortes.

O Brasil já vacinou 18.853.892 pessoas, o que corresponde a 8,9% da população brasileira.

Com informações de UOL.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários