Comissário da União Europeia chama de ‘blefe’ as ameaças de Trump

Presidente dos Estados Unidos sugeriu retirar o acordo de cooperação de inteligência e estratégia com países europeus, caso não barrem a Huawei.

Foto: Sara Kurfeß/Unsplash

A rixa de Donald Trump com a Huawei parece não ter fim. Em um novo capítulo da novela, Phil Hogan, comissário de comércio da União Europeia, reagiu às ameaças do governo norte-americano de encerrar a cooperação de inteligência e estratégia antiterrorista entre os EUA, Reino Unido e os integrantes do bloco europeu, caso elas não barrem a entrada de produtos chineses em suas redes 5G.

Phil classificou a ameaça como um “blefe”, disse que é um pouco de barulho por parte de Trump e acredita que isso realmente não vá acontecer. Ele acrescentou, ainda, que a Europa não tem objeções à entrada de produtos da Huawei nos países do bloco.


“Se eles [Huawei] realmente implementarem as regras do jogo … toda a competição é bem-vinda e deve ser justa”, disse Hogan.

Para os EUA, os serviços de inteligência podem ser comprometidos se os países utilizarem equipamento da Huawei, por estar sujeita à influência do estado chinês. A empresa nega.

VIU ISSO?

–> Novo acordo entre Estados Unidos e China não inclui 5G

–> Rixa de Trump com Huawei é gerada por outros interesses, diz CEO

–> Receita da Huawei alcança US$ 122 bilhões em 2019

Apesar da troca de farpas, o comissário acredita que a União Europeia e os EUA precisam cooperar na regulamentação da tecnologia, caso contrário os dois lados perderão para a China.

Hogan está fazendo sua primeira visita oficial a Washington como novo comissário comercial da União Europeia.

Com informações de The Guardian.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de