Banda larga cresce 9% no ano de 2020

COMPARTILHAR:

Pequenos provedores mantêm a maior participação no mercado de internet fixa.

De acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o mercado de banda larga fixa registrou um aumento de 3,1 milhões de acessos ao longo de 2020, um crescimento anual de 9,35%.

O maior crescimento registrado foi na região Norte (+16,6%). Após, aparecem Nordeste (+16,1%), Sul (+13,2%), Centro-Oeste (+8,3%) e Sudeste (+6,1%).

Em dezembro do ano passado, o país registrou 36,0 milhões de acessos de internet fixa, com uma densidade de 51,0 acessos a cada 100 domicílios.

Deste total, 46,54% dos acessos foram feitos por meio de fibra óptica e 59,10% com velocidades superiores a 34 Mbps.

VIU ISSO?

–> Agências do Banco do Brasil terão acesso gratuito à internet

–> Cresce o número de reclamações sobre o serviço de banda larga

–> Governo Federal quer levar fibra óptica para 1,5 mil municípios

Entre as grandes operadoras, a Claro mantém a liderança do setor no quarto trimestre de 2020, com 27,3% de participação, seguido da Vivo (17,8%) e Oi (14,2%).

A Algar Telecom possui 1,9% de participação, TIM 1,8%, SKY 0,6% e Sercomtel 0,8%.

Entretanto, os pequenos provedores somados já representam 40,7% do mercado da banda larga fixa, mantendo forte crescimento nos últimos três anos.

Destaca-se neste mercado as empresas regionais Brisanet com 1,80% de participação, Vero com 1,15% e Acon com 1,00%.

Com informações de Anatel e Teleco.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários