Claro leva advertência do Conar por oferta de banda larga

Promoção promete velocidade de 240 Mbps pelo valor de R$ 99,99 na internet fixa da operadora; mês de julgamento foi novembro de 2020.

Imagem: Site da Claro

Em seu site oficial, o Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) divulgou uma advertência que deu na operadora Claro.

O serviço em questão é a banda larga, oferecida no selo “Claro net” e com uma oferta na qual o consumidor pode contratar 240 Mbps por R$ 99,99.


Na aba de divulgação, a organização não detalha os motivos pelos quais a prestadora levou a clássica “chamada”.

É apenas destacado uma “alteração agravada por advertência ao anunciante, por unanimidade”.

VIU ISSO?

–> Contratação da Claro Box TV gera ‘dor de cabeça’ para clientes

–> Claro lança ‘controle de voz’ na TV por assinatura

–> TIM derruba anúncios da Claro sobre ‘5G DSS’

Em uma simulação básica, colocamos o produto no carrinho para contratação e o valor, de imediato, foi alterado para R$ 139,99, no custo isolado.

O banner de divulgação conta com um aviso, em letras miúdas, de que é necessário consultar condições de aquisição, oferta e disponibilidade na região de interesse.

ECONOMIZE! 💰 Compare os planos das operadoras de celular e escolha o mais vantajoso para você.

A vantagem agora é que a comunicação da operadora não destaca uma validade de 12 meses para a promoção.

Portanto, quem aproveitar a oferta poderá ter a velocidade anunciada por tempo ilimitado.

Com informações de Conar

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
12 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários