InícioDefesa do ConsumidorClaro leva advertência do Conar por oferta de banda larga

Claro leva advertência do Conar por oferta de banda larga

Promoção promete velocidade de 240 Mbps pelo valor de R$ 99,99 na internet fixa da operadora; mês de julgamento foi novembro de 2020.

Imagem: Site da Claro

Em seu site oficial, o Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) divulgou uma advertência que deu na operadora Claro.

O serviço em questão é a banda larga, oferecida no selo “Claro net” e com uma oferta na qual o consumidor pode contratar 240 Mbps por R$ 99,99.

Na aba de divulgação, a organização não detalha os motivos pelos quais a prestadora levou a clássica “chamada”.

É apenas destacado uma “alteração agravada por advertência ao anunciante, por unanimidade”.


VIU ISSO?

–> Contratação da Claro Box TV gera ‘dor de cabeça’ para clientes

–> Claro lança ‘controle de voz’ na TV por assinatura

–> TIM derruba anúncios da Claro sobre ‘5G DSS’

Em uma simulação básica, colocamos o produto no carrinho para contratação e o valor, de imediato, foi alterado para R$ 139,99, no custo isolado.

O banner de divulgação conta com um aviso, em letras miúdas, de que é necessário consultar condições de aquisição, oferta e disponibilidade na região de interesse.

A vantagem agora é que a comunicação da operadora não destaca uma validade de 12 meses para a promoção.

Portanto, quem aproveitar a oferta poderá ter a velocidade anunciada por tempo ilimitado.

Com informações de Conar

Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop. E-mail: [email protected]

12 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
12 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários