Huawei já conquistou 60% do mercado europeu de 5G

Resultados da chinesa mostram que as barreiras incentivadas pelos Estados Unidos podem não ser tão bem-sucedidas; países restantes (40%) não se decidiram.

Divulgação Huawei (Instagram)
Imagem: Divulgação Huawei (Instagram)

Ao que tudo indica, não será tão fácil para os Estados Unidos derrubarem o império construído pela Huawei no fornecimento de equipamentos para o 5G.

Só na Europa, a fabricante chinesa já conquistou 60% do mercado. Os 40% restantes ainda não tomara uma decisão.


As informações chegam diretamente do diretor de Cibersegurança da empresa, Marcelo Motta.

A política adotada pela Alemanha, por exemplo, pode ser um exemplo a ser seguido por outros países, que querem tirar proveito das vantagens oferecidas pela Huawei, mas temem na questão da segurança.

O governo alemão aprovou uma nova lei para segurança de redes e exigiu garantias nos equipamentos da chinesa.

No mercado doméstico, a Huawei também fica bem posicionada, a julgar pelo tamanho da China.

VIU ISSO?

–> Ministro das Comunicações convence operadoras sobre o 5G

–> Mourão volta a defender a Huawei nas redes 5G do Brasil

–> Brasil deve arrecadar R$ 20 bilhões com o leilão do 5G, diz Morais

ECONOMIZE! 💰 Compare os planos das operadoras de celular e escolha o mais vantajoso para você.

Em 2021, o Brasil se prepara para o leilão de frequências do 5G e não será tão simples barrar a Huawei, por causa da presença que a marca já possui no Brasil.

Operadoras de telefonia móvel precisam de equipamentos que conversem com os que já estão instalados para prover conectividade 4G.

Trocar todos seria um custo muito alto e poderia gerar um conflito entre as empresas e o Governo Federal.

No Reino Unido, por exemplo, todas as empresas terão que fazer essa troca e o custo deve girar em torno de US$ 650 milhões.

No mais, os Estados Unidos seguem com o alerta para que os países aliados não negociem como a Huawei, sob a alegação de que a empresa promove espionagem para o governo chinês.

Com informações de Valor Econômico

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários