Ministro das Comunicações convence operadoras sobre o 5G

De acordo com comunicado do Conexis, sindicato das teles, diálogo com Fábio Faria foi positivo e trouxe tranquilidade ao setor.

Imagem: Reunião entre operadoras e Governo, registrada pelo ministro Fábio Faria.
Imagem: Reunião entre operadoras e Governo, registrada pelo ministro Fábio Faria.

Ao que tudo indica, o possível imbróglio sobre a conectividade 5G será resolvido com parcimônia entre o Governo Federal e as operadoras brasileiras de telefonia móvel.

O conflito se instaura a partir do momento que a presença da Huawei no Brasil, como fornecedora de equipamentos da tecnologia, gera dúvidas.

De um lado, o governo sofre pressão dos Estados Unidos, que acusam a empresa de promover espionagem para o governo chinês.

Do outro, as operadoras começavam a se preparar para ir contra um possível banimento, já que a ausência da chinesa geraria um custo alto para o setor, que precisaria substituir até mesmo equipamentos do 3G e 4G, e pouco sobraria para as frequências do 5G.

Sem muitos detalhes, o Conexis Brasil Digital, sindicato que representa as teles brasileiras, se mostrou positivo.

Para a entidade, o diálogo com Fábio Faria, ministro das Comunicações, foi produtivo e garantiu que as soluções do 5G seriam tomadas pelo viés técnico e econômico.

VIU ISSO?

–> 4G está presente em 5.016 cidades, diz Conexis Brasil

–> Operadoras registraram 1,3 bilhão de índices contra o coronavírus

–> Senado aprova uso de recursos do Fust para investir na educação

Serão considerados “tanto os requisitos de segurança associados às soluções, quanto todos os aspectos de custos relativos à implantação da tecnologia e sua conexão com a infraestrutura já existente nas redes das operadoras”.

A reunião contou com Jean Borges, José Félix, Rodrigo Abreu, Pietro Labriola, Christian Gebara e Marcos Ferrari, respectivamente, presidentes da Algar Telecom, Claro, Oi, TIM, Vivo e Conexis Brasil Digital.

Abaixo, confira a declaração de Ferrari:

“Estamos satisfeitos com a reunião e o diálogo entre o setor e o governo. O 5G é a plataforma para a indústria 4.0, fundamental para o futuro da economia, da telemedicina, da educação, enfim, de várias áreas importantes para a população brasileira”, destacou o presidente-executivo da Conexis, Marcos Ferrari.

Na prática, Faria teve o papel de impedir o “cessar fogo” das operadoras, que buscariam se proteger, em um possível cenário de gastos com o banimento da Huawei.

Com informações de Assessoria de Imprensa Conexis Brasil Digital

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
3 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários