EUA devem gastar cerca de US$ 2 bilhões para se livrar da Huawei

Programa pretende financiar a substituição de toda a infraestrutura chinesa atual nas redes de telefonia norte-americanas.

O Congresso dos EUA deverá aprovar em breve o investimento de US$ 1,9 bilhão (R$ 9,86 bilhões na cotação atual) para remover equipamentos fabricados por empresas chinesas instalados nas redes de telecomunicações do país.

O financiamento faz parte de um projeto de lei que os legisladores americanos pretendem destinar US$ 900 bilhões (R$ 4,7 trilhões) para aliviar as consequências da Covid-19.

Desde junho passado, a Comissão Federal de Comunicações (FCC), dos Estados Unidos, declarou que as chinesas Huawei e ZTE eram uma ameaça à segurança das redes de telefonia do país.

Na época, o órgão proibiu que operadoras utilizassem de um fundo governamental para comprar produtos chineses.

VIU ISSO?

–> Reino Unido revela quanto vai gastar para substituir Huawei

–> Pressão dos EUA provoca cisão na Huawei

–> Governo Federal deve usar 5G para se aproximar de Joe Biden

No início deste mês, a FCC divulgou as regras para que as operadoras comecem a retirada e substituição desses equipamentos.

Porém, o início desse procedimento ainda depende da aprovação do financiamento do Congresso americano.

Com informações de Reuters.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários