Início5GReino Unido quer acelerar banimento total da Huawei nas redes 5G

Reino Unido quer acelerar banimento total da Huawei nas redes 5G

Operadoras britânicas não poderão mais comprar equipamentos da fabricante chinesa a partir de janeiro de 2021.

Apesar de ter decidido eliminar equipamentos da Huawei em suas redes 5G até 2027, o governo do Reino Unido está disposto a antecipar esse banimento.

Em julho passado, o governo local já havia anunciado que as operadoras não poderiam mais adquirir produtos 5G da Huawei a partir de janeiro do ano que vem.

Agora, as empresas ficam proibidas de instalar os equipamentos a partir de setembro 2021.

A proibição vale até mesmo para aquelas empresas que ainda tem produtos guardados em estoque, comprados antes de janeiro.


De acordo com a lei local de segurança das telecomunicações, as empresas podem ser multadas em até 10% do faturamento ou 100 mil euros (R$ 637,2 mil, na cotação atual) por dia se não cumprirem as novas regras.

VIU ISSO?

–> Reino Unido revela quanto vai gastar para substituir Huawei

–> Operadoras britânicas são contrárias ao banimento da Huawei

–> Reino Unido pretende acelerar retirada da Huawei de suas redes

A nova determinação ainda será alvo de debate no Parlamento britânico ao longo desta semana.

O banimento da Huawei no Reino Unido segue a tese norte-americana que a empresa promove espionagem industrial para o governo chinês. Além disso, diante das sanções americanas, há dúvidas se a fabricante poderia se manter como uma fornecedora confiável no longo prazo.

Com informações de The Verge.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

1 COMENTÁRIO

Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários