Procon notifica Claro sobre promessa do 5G

Operadora tem destacado em suas propagandas que possui a primeira rede comercial de quinta geração do Brasil.

Na última sexta-feira, 6, o Procon de São Paulo notificou a Claro por estar prometendo em seu site smartphones com a tecnologia 5G para os seus clientes.

O órgão de defesa do consumidor pede esclarecimentos à frase destacada no site da Claro que diz que a operadora “traz a primeira rede comercial 5G do Brasil”.


O Procon-SP quer saber se a operadora tem autorização dos órgãos competentes para a oferta do 5G.

Também é questionado “se tem como precisar qual será a amplitude de cobertura do serviço 5G, quando disponibilizada, se haverá limitações e, em que situações o serviço, na forma como está sendo ofertado, será garantido”.

É válido ressaltar que a Claro, assim como a Vivo, TIM e Oi, estão ativando redes 5G DSS, uma tecnologia de transição que oferece velocidade de conexão superior ao 4G, mas ainda não pode ser considerada como 5G propriamente dito, pois ainda depende do leilão de frequências, previsto para ocorrer no próximo ano.

A tecnologia DSS, de compartilhamento de frequências, tem autorização da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

VIU ISSO?

–> Claro anuncia as 12 novas cidades que receberão a rede 5G DSS

–> Samsung anuncia os seus primeiros smartphones 5G no Brasil

–> 5G DSS é marketing, ironiza CEO da TIM

Além da Claro, a Motorola e a Samsung também foram notificadas sobre a oferta em seus sites de smartphones compatíveis com a rede de nova geração.

O Procon quer saber se os aparelhos atrelados à tecnologia de quinta geração já se encontram disponíveis no Brasil e, caso contrário, porque consta explicitamente essa informação em suas publicidades.

A entidade também quer saber se o consumidor é informado da existência de “eventuais limitações do serviço” e se a tecnologia está vinculada apenas ao Motorola Edge, destacado pela Claro como o primeiro smartphone compatível a chegar no país.

Por enquanto, o 5G DSS está disponível em apenas determinados bairros de algumas cidades.

Procurada, a Claro informou que “foi notificada pelo Procon de São Paulo e irá prestar todos os esclarecimentos técnicos ao órgão”.

A Motorola afirmou que seus smartphones compatíveis com o 5G incluem orientações para que os usuários se informem junto às operadoras sobre a disponibilidade do serviço.

Já a Samsung afirma que “prestará todos os devidos esclarecimentos solicitados”.

Com informações de Procon-SP e Uol.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários