Operadoras poderão utilizar tecnologia 5G antes mesmo do leilão

Fabricantes elogiam requisitos técnicos publicados pela Anatel.

Na última sexta-feira, 12, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) atualizou os seus requisitos técnicos para a certificação de equipamentos e estações de acesso que tenham suporte ao 5G.

As mudanças tiveram como base padrões internacionais, como o 3GPP e ETSI, algo que é bem visto pelas fabricantes como Nokia, Ericsson, Qualcomm e Huawei.


Na prática, as operadoras brasileiras poderão utilizar a sua infraestrutura atual de 3G e 4G para implantar redes compatíveis com a tecnologia 5G, desde que elas atendam requisitos exigidos pela Anatel.

Com a medida, as empresas de telefonia poderão operar a nova conexão nas frequências que já possuem, antes mesmo da realização do leilão do 5G, ainda sem data definida para ocorrer.

Isso permite que as operadoras possam realizar testes com a nova conexão na mesma frequência em que opera o 4G.

Ao mesmo tempo, as indústrias de telecomunicações já podem começar a fazer os primeiros pedidos de homologação de produtos 5G junto à Anatel.

VIU ISSO?

–> 4G e 5G não constituem risco para a saúde, dizem especialistas

–> EUA já discutem com empresas nacionais oferta de crédito para o 5G

–> ‘Menor preço’ não deve ser prioridade no Leilão 5G brasileiro

No caso específicos das frequências de 2,3 GHz e 3,5 GHz a agência ainda trabalha nas suas condições, devido a suas possíveis interferências com outros serviços. Assim que as especificações foram concluídas, as indústrias também poderão homologar equipamentos para essas faixas.

Apesar da novidade, o leilão do 5G ainda é considerado nebuloso no Brasil. Além do entrave da interferência da nova conexão na banda C, a pandemia da Covid-19 tem atrasado testes de campo e levantanda questões econômicas se as empresas terão fundos para comprar as novas faixas.

Com informações de TudoCelular e Telesíntese.

COMPARTILHAR EM:

COMENTÁRIOS MAIS BEM AVALIADOS DO MÊS

55

Banco Inter vai distribuir gratuitamente 7 mil chips da Intercel

é um chip degustação, esperava o que? rs
  • 01/07/2020 by Luiz Carvalho

48

Banco Inter vai distribuir gratuitamente 7 mil chips da Intercel

dados atualmente não são problemas para as grandes operadoras, e mesmo assim, mta gente não se sente satisfeito, pois a escolha depende de outros fatores tbm. Ex: Oi oferece pacotes gigantescos de dados e sinal ruim…outras não se sentem bem atendidos, ou enfrentam problemas diversos…esses dias o vivo easy prime deu um BO impedindo que fosse realizado chamadas, Claro Flex tem um plano maravilhoso e um aplicativo péssimo…todas tem prós e contras, e cada consumidor tem uma medida do que é mais importante pra si mesmo.
  • 01/07/2020 by Luiz Carvalho

42

Consumidor presta queixa contra comercial de Vivo Fibra

Meu deus do céu. Esse povo tá chato demais. Essa geração mi-mi-mi tá um saco.
  • 20/06/2020 by Tauan Fontoura

36

‘TIM Beta’ e ‘TIM Pré’ vão perder alguns benefícios

A Tim só tem um pouco mais de vantagem no pré pago, devido ter Facebook Twitter e Messenger e whatsapp, agora se começar a regular uso, com certeza a Claro vai ser o melhor plano. Tenho e não troco por nenhuma.
  • 02/07/2020 by Roberto Ramos

36

‘TIM Beta’ e ‘TIM Pré’ vão perder alguns benefícios

O TIM Black e os planos controle também sofreram essas medidas. Isso vai fazer a Claro roubar os clientes da TIM.
  • 02/07/2020 by Jefferson Rodrigues

COMENTÁRIOS RECENTES DE TODO O SITE

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários