Dona da TIM está animada com o leilão da Oi Móvel

Grupo italiano vê o negócio como ‘oportunidade sem precedentes’ e compara Brasil com os Estados Unidos.

Durante teleconferência para apresentação de resultados, a Telecom Italia, controladora da TIM (TIMS3) no Brasil, vê como entusiasmo a possível venda dos ativos móveis da Oi (OIBR3/OIBR4).

“Temos uma oportunidade sem precedentes”, disse Luigi Gubitosi, CEO do grupo italiano.


O executivo chegou a afirmar que a diminuição de quatro para três operadoras é importante e comparou o movimento de redução de players ao que está ocorrendo nos Estados Unidos, com a fusão entre a T-Mobile e a Sprint.

Atualmente, o consórcio formado entre a TIM, Vivo (VIVT3/VIVT4) e Claro tem prioridade nas negociações para a venda da Oi Móvel, após a Highline decidir não rever a sua proposta de compra.

As três operadoras apresentaram uma oferta conjunta de R$ 16,5 bilhões pelos ativos móveis da Oi.

VIU ISSO?

–> Banco Itaú tenta atrapalhar venda da Oi Móvel

–> Oi e Petrobras tiveram os maiores prejuízos de 2020, segundo página

–> Venda da Copel Telecom aponta cenário positivo para a Oi

Gubitosi classificou o Brasil como um “país de potencial imenso e em crescimento” e que se a transação estivesse acontecendo na Itália, seria motivo para “correr e comprar ações”.

O leilão da Oi Móvel está previsto para ocorrer em 14 de dezembro.

Com informações de Teletime.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários