Vivo pretende ativar redes 5G até o final deste mês

Serviço deverá estar disponível em até oito capitais brasileiras, diz CEO da operadora.

Nesta quarta-feira, 15, Christian Gebara, CEO da Vivo, anunciou que a operadora está trabalhando no lançamento de sua rede comercial 5G até o final de julho. O anúncio foi feito durante evento virtual realizado pela consultoria Everis.

O executivo afirmou que a operadora já está experimentando a tecnologia DSS, que oferece a rede 5G por meio do compartilhamento dinâmico das frequências 4G.


A expectativa é que o novo serviço esteja disponível para os usuários de sete ou oito capitais no Brasil.

“São frequências baixas, que não são as ideias para o 5G. Vamos começar a provar para ver se funcionam, talvez não com a mesma latência [prevista para o novo padrão], mas com a velocidade nessas capitais. Já as frequências mais altas, que são necessárias para experiência mais plena do 5G, vão ser leiloadas no ano que vem”, diz Gebara.

Entretanto, o presidente da operadora afirmou que a oferta de aparelhos ainda é um grande gargalo no Brasil e no mundo. Atualmente, apenas o aparelho Motorola Edge possui o suporte ao 5G no país.

Nesta terça-feira, 14, a Claro ativou a sua rede 5G DSS em bairros da cidade de São Paulo e Rio de Janeiro. Já a TIM, pretende lançar em setembro a sua rede de quinta geração em Bento Gonçalves (RS), Itajubá (MG) e Três Lagoas (MS). A Oi também tem planos de lançar o 5G antes mesmo do leilão.

VIU ISSO?

–> Entenda como a Claro pretende expandir o 5G DSS

–> 5G vai chegar antes do leilão, segundo CEO da Oi

–> Decisão final sobre 5G será de Bolsonaro, diz Fabio Faria

A disponibilização da conexão 5G a partir das atuais frequências 4G foi regulamentado em junho pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Entretanto, todo o potencial da rede de quinta geração só será possível a partir do leilão das frequências, ainda sem data para ocorrer.

ECONOMIZE! 💰 Compare os planos das operadoras de celular e escolha o mais vantajoso para você.

Em entrevista, Fabio Farias, atual ministro das Comunicações afirmou que o leilão deve ocorrer no primeiro semestre de 2021.

Com informações de Teletime.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
3 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários