Paulo Guedes é a favor da Huawei no Brasil

Ministro argumenta que bloqueio da fabricante chinesa afetaria competitividade e cadeia de fornecimento do 5G no país.

Imagem: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

No último domingo, 5, o ministro da Economia, Paulo Guedes, participou do programa especial “O Brasil Pós-Pandemia: a Retomada”, transmitido pelo canal fechado CNN Brasil. Durante a entrevista, ele abordou a questão do 5G e as consequências de um possível bloqueio da Huawei no país.

Segundo Guedes, o mundo passa por um momento de desconfiança geopolítica ao redor da China. Por um lado, o país é apontado como foco inicial da pandemia da Covid-19, por outro, estão as frequentes acusações dos Estados Unidos de que empresas chinesas têm promovido espionagem industrial.


Tal cenário tem levantado questionamentos sobre a Huawei ter a capacidade de interromper serviços de comunicações e de segurança, algo que é negado pela companhia e pelo governo de Pequim.

Porém, o ministro de Jair Bolsonaro acredita que rivalidade entre EUA e China pode ser benéfico, sob o ponto de vista estratégico e competitivo. Um potencial bloqueio da Huawei poderia “afetar a cadeia de fornecimento do 5G” no país.

“Em um momento que precisamos dar salto quantitativo e qualitativo em tecnologia, seria interessante deixar a competição funcionar: a Ericsson de um lado, a Huawei do outro, chinês brigando com americano, com nórdicos, para ver quem nos serve melhor. [Mas] nessa hora que devíamos dar esse mergulho, vem essa ‘nuvem de suspeita’ e cria problema geopolítico em algo que era estritamente econômico”, afirmou o ministro da Economia.

Atualmente, a chinesa Huawei, sueca Ericsson e finlandesa Nokia são os principais fornecedores de tecnologia 5G no mundo.

VIU ISSO?

–> Operadoras querem Huawei nas redes 5G do Brasil

–> Claro anuncia implantação de rede 5G

–> Reino Unido pretende acelerar retirada da Huawei de suas redes

Mesmo com o forte lobby americano, o Brasil ainda não anunciou oficialmente se pretende bloquear a entrada de hardware da Huawei na infraestrutura de redes do país.

Nesta segunda-feira, 6, Fabio Faria, atual ministro das Comunicações, anunciou que o leilão do 5G está previsto para ocorrer em 2021.

Com informações de Teletime.

COMPARTILHAR EM:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários