Oi pressiona governo sobre fundo ‘desaparecido’ de telecomunicações

Dinheiro do Fust (Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações) é visto como essencial para ajudar as prestadoras em momento de pandemia.

Ilustração - Dinheiro
Imagem: Pixabay

Instituído em 2000, o Fust (Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações) foi feito para financiar a implantação de serviços do setor, principalmente para a população carente, e é composto de uma cobrança mensal que detém 1% da receita operacional bruta das operadoras.

Agora, em momento pandêmico, as empresas de telecomunicações propõem o uso do fundo para manutenção da banda larga, serviço altamente demandado e considerado essencial.


Entretanto, tudo depende da aprovação da PL 172, que permite o direcionamento dos recursos para a internet e não concentra apenas na telefonia fixa. O projeto segue travado no Senado e há ainda um outro problema.

O dinheiro que já foi recolhido não será revertido ao setor, pois foi gasto e desapareceu da contabilidade federal, de acordo com Júlio Semeghini, secretário executivo do MCTIC. Ele explica ainda que o valor não será recuperado.

Com todo esse dilema, quem pressiona o governo por uma ação é a Oi, que defende o uso do fundo para minimizar os impactos econômicos gerados pela pandemia da COVID-19.

No atual cenário, as teles terão que lidar com o prejuízo gerado pelo fechamento das lojas físicas, pontos de recarga sem funcionamento (apenas os digitais), além do alto gasto com manutenção da banda larga, que foi muito demanda nos últimos meses.

VIU ISSO?

–> Oi ativa rota emergencial para lidar com efeitos do coronavírus

–> Para focar na fibra, Oi deixa de vender internet por cobre

–> TIM deve ficar com 70% da Oi Móvel

Quem representou a operadora no debate virtual promovido pelo site Teletime foi Carlos Eduardo Medeiros, vice-presidente de assuntos regulatórios da Oi.

Há uma expectativa de recolhimento na faixa de R$ 1 bilhão por parte das operadoras. O montante recolhido para o Fust, desde a criação, somaria R$ 35 bilhões, com valores atualizados.

Com informações de Tele.Síntese

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários