TIM deve ficar com 70% da Oi Móvel

Já os outros 30% devem ir para a Vivo, em uma operação avaliada em R$ 15 bilhões; saiba os detalhes do negócio.

Imagem: Divulgação Oi, TIM e Vivo

Tudo indica que a negociação mais esperada dos últimos meses se aproxima de uma conclusão. Trata-se da venda da unidade móvel da Oi, que pode imprescindível para manter a saúde financeira da operadora carioca.

Algumas especulações garantiam que tudo seria dividido entre Claro, TIM (TIMP3) e Vivo (VIVT3), mas parece que a prestadora da América Móvil (BMV: AMXL) pode ficar de fora dessa grande transação de negócios.


O provável é que a unidade seja dividida entre TIM e Vivo. A primeira deve com 70% enquanto a segunda com os 30% restantes.

É a configuração indicada para que a compra seja aprovada em órgãos antitruste no Brasil, pois é uma compra que trará mudanças significativas para as duas compradoras.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, a Oi já contratou até mesmo o Bank of America para acelerar o processo de venda a unidade móvel.

O mês e janeiro, inclusive, foi rentável para a operadora carioca, que conseguiu concluir parte da venda de ativos prevista no plano estratégico divulgado em julho de 2019.

Uma das metas mais importantes foi a venda da participação na angolana Unitel, que trouxe US$ 1 bilhão para os cofres da Oi, com US$ 60,9 milhões já garantidos e outros US$ 699,1 milhões que ainda serão pagos.

VIU ISSO?

–> Oi confirma a venda de sua participação na Unitel

–> Ações da TIM são mais recomendadas que as da Oi

–> Linhas móveis no Brasil: Oi é a única a perder clientes

Os US$ 240 milhões restantes serão garantidos por carta de fiança emitida por banco de primeira linha. A compradora é a petrolífera Sonangol.

E como ficarão Vivo e TIM após a compra da Oi?

A empresa da Telecom Itália (BIT: TIT) deve ser a mais beneficiada, já que a fatia de mercado no Paraná deve ficar acima de 50%, assim como em Santa Catarina e outros cinco estados da região Nordeste.

Em regiões como Sudeste, Centro-Oeste e Norte, a posição deve ser fortalecida, mas não dominante.

Em sinergias, a previsão é que a venda da Oi gere até R$ 13 bilhões, uma estimativa de R$ 5,50 por ação, com um novo preço-alvo calculado em R$ 22. Um potencial de 33% no comparativo com os números atuais.

A Vivo teve um preço-alvo de ações projetado em R$ 64, após ter R$ 5,7 bilhões em sinergias projetados após a transação. Uma valorização de 6%.

Os números ainda podem ser elevados em 6% pela consolidação do setor, além dos 4,5% em dividendos.

Com informações de MoneyTimes

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

16
DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, FAÇA LOGIN para comentar
11 Número de Comentários
5 Número de Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
14 Autores de comentários
radiogirassolRenata Viana SilvaTh3 CraziesJefferson RodriguesRogerio Pires Autores recentes de comentários
  Acompanhar esta matéria  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Edu Eduardo
Colaborador

E como ficam os atuais assinantes da OI ? Vão para a TIM ou para a VIVO ? Como será isso?

Cidade - UF
São Paulo
Helliton Soares Mesquita
Colaborador

Provavelmente será chamada ainda de Oi, caso ela ainda venda o nome. Mas ninguém poderá mais ser novo cliente da Oi.

Cidade - UF
Rondonópolis - MT
radiogirassol
Colaborador
radiogirassol

A Oi Continuará com o Fixo e TV (Cabo e Satélite) e Internet Fibra mas futuramente deverá voltar com Móvel novamente.

Cidade - UF
Belo Horizonte/MG
Jean Michel Skaleé
Colaborador
Jean Michel Skaleé

Seria ótimo se os clientes da Oi pudesse usar as redes da Tim e vivo, alem da estrutura ja existente da oi kkkkkk

Cidade - UF
Marechal Candido Rondon -PR
Júnior Anchieta
Colaborador

Possa ser que eles dividam por Estados. 70% dos Estados (cerca de 16) a Oi seja incorporada a tim e 30% cerca de 11 sejam da Vivo

Cidade - UF
Cafundó/RN
Joaquim Libanio
Colaborador
Joaquim Libanio

Essa divisão será por Estado? Tipo 70 % dos estados ficaram com a TIM e 30% com a Vivo? Ou os clientes serão divididos aleatoriamente?

Cidade - UF
Natal - RN
Edmar Fernando Calixto
Colaborador

Acredito que não de início, mas posteriormente, cada cliente será direcionado de acordo com a região que cada compradora assumiu na divisão. Não vejo essa venda com bons olhos, é como se tivéssemos uma operadora a menos no Brasil. Outro detalhe, é que a Claro já sabia disso. Por isso já comprou a Nextel. Temos aí um “pequeno cartel” no nosso querido país.

Cidade - UF
São Paulo - SP
Jean Michel Skaleé
Colaborador
Jean Michel Skaleé

Péssima notícia.

Cidade - UF
Marechal Candido Rondon -PR
Richard Gonçalves
Colaborador

Péssima notícia! Os planos da Tim e da Vivo não chegam nem aos pés dos planos da Oi. Sei que em diversos lugares o sinal da Oi é péssimo e tal mas no meu município ele é imbatível! O 4G é muito bom! A Tim e a Vivo adquirindo essa fatia vai ferrar com os planos da Oi. Vai ficar tudo caro após a concretização!

O presidente da Tim tava com a maior inveja do plano pós pago top da Oi desde a penúltima black friday que houve.

Cidade - UF
Amontada-CE
Rafael Marques
Colaborador

A divisão móvel da Oi deveria virar uma MVNO, deixando de ter infraestrutura própria já que não consegue arcar com custos de manutenção e investimentos necessários. Poderia continuar oferecendo seus serviços com preços acessíveis em uma infraestrutura de rede boa como a da Vivo ou Claro.

Cidade - UF
São Paulo - SP
Jean Michel Skaleé
Colaborador
Jean Michel Skaleé

Não seria uma ma idéia. Vendesse todas sua infra ou alugasse para outra operadora e fechasse como Operadora Virtual.

Cidade - UF
Nova Santa Rosa-PR
Marcelo Alves
Colaborador
Marcelo Alves

Isso é especulação , estão iludindo as pessoas para aumentar as ações da oi , aguardem e vera

Cidade - UF
Brasília
Rogerio Pires
Colaborador
Rogerio Pires

Até o momento se sabe muito pouco sobre a veracidade disso; só será uma informação confiável quando vier de comunicado oficial das partes envolvidas e comunicado à Bolsa. Por enquanto, pura especulação.

Cidade - UF
Uberlândia - MG
Jefferson Rodrigues
Colaborador
Jefferson Rodrigues

Isso não pode acontecer de jeito nenhum! Pois nós, consumidores, vamos perder com a diminuição da concorrência. As promoções ficarão menos atrativas e mais caras.
Alguma outra empresa tem que comprar a Oi.

Cidade - UF
Maceió
Th3 Crazies
Colaborador

Ah, não acredito! Aqui em Pernambuco a Oi é imbatível em sinal, o 4G é excelente, já o da Tim e da Vivo são péssimos, a Tim vive caindo e a Vivo mesmo com sinal cheio, é lento demais! Espero que só comprem pra deixar como está, não mudem nada.

Cidade - UF
Recife - Pernambuco
Renata Viana Silva
Colaborador
Renata Viana Silva

A Vivo tem interesse na Oi (Centro oeste e Nordeste) e a TIM deve ficar com o Sudeste, Sul e Norte.

Cidade - UF
Anapolis