Oi ativa rota emergencial para lidar com efeitos do coronavírus

Tráfego de rede na operadora cresceu 40% com o isolamento social no país.

Ilustração - conexão de rede
Imagem: PxHere

Em recente entrevista, Rodrigo Abreu, atual CEO da Oi, abriu mais detalhes a respeito da operação da companhia em tempos de coronavírus. Com o isolamento social recomendado, também conhecido como quarentena ou reclusão domiciliar, a utilização de internet disparou.

O executivo adianta que a demanda média da rede cresceu 40% e a empresa ativou rotas emergenciais para gerir o aumento. A capacidade de transporte da banda larga fixa foi ampliada.


Mas engana-se quem pensa que isso gera um crescimento de receita. Abreu explica que há impactos óbvios da crise, já que 100% das lojas estão fechadas e muitos cliente pré-pagos estão sem pontos físicos para realizarem recargas em seus smartphones.

VIU ISSO?

–> Expansão do Oi Fibra não será afetada pelo surto de coronavírus

–> Mesmo com pandemia, Oi inaugura fibra óptica em novas cidades

–> Oi cancela eventos e incentiva home office

Se colocar na balança, não é um prejuízo total igualmente o que é registrado nos setores de hotelaria, aviação e turismo. Mas a arrecadação é menor, principalmente se a questão dos inadimplentes for levada em consideração.

As leis estaduais para fazer com que os consumidores continuem providos de telecomunicações mesmo com faturas em atraso é bem intencionada, mas pode se tornar uma bola de neve, conforme prevê o atual presidente da Oi.

Para compensar os possíveis efeitos da crise gerada pela pandemia, a operadora começou a utilizar férias coletivas, sem repactuação de jornadas ou salários. Não há planejamento de redução em função dos impactos do coronavírus.

Com informações de ÉPOCA Negócios

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
0 0 voto
Nota para o redator
Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários