Claro, TIM e Vivo não podem comprar ativos de infra da Oi

A “nova Oi” já definiu objetivos muito claros para continuidade da operação; entenda.

Logotipos Claro, Vivo, TIM e Oi
Imagem: Logotipos Claro, Vivo, TIM e Oi

Parece complexo, mas o plano da Oi (OIBR3 / OIBR4), até então, é muito bem definido. A companhia será dividida em quatro unidades, de torres, data center, ativos móveis e infraestrutura. As três primeiras serão vendidas e a última terá 51% do controle acionário ofertado.

É a tão mencionada InfraCo, que vai concentrar os ativos de infraestrutura e rede de transporte que garantem a conexão de fibra óptica da operadora.


Mas, quem já cogitava a entrada das operadoras Vivo (VIVT3), Claro e TIM (TIMP3) nessa parte, se enganou. Em declaração recente, Rodrigo Abreu, CEO da tele carioca, descartou a participação das três no processo.

Ele explica que a decisão de não ter as concorrentes partiu da própria Oi. A ideia é ter uma rede neutra, que no futuro vai contar com 30% da receita vinda do mercado.

Entender ou pensar no futuro da companhia parece complexo, mas a própria emitiu esclarecimentos e apresentações a respeito da continuidade de sua operação após todo esse processo.

Em suma, a separação estrutural é justificada como um fator que vai impulsionar a construção de uma forte rede de fibra, além de permitir um crescimento sustentável mais rápido.

VIU ISSO?

–> 1T20: Oi cresce na fibra óptica, mas segue com prejuízo e queda

–> Para focar na fibra, Oi deixa de vender internet por cobre

–> TIM deve ficar com 70% da Oi Móvel

A nova Oi

Divulgação Oi
Imagem: Divulgação Oi

Na apresentação, a batizada “Nova Oi” é dividida em InfraCo e ClientCo. A primeira, conforme já foi mencionado anteriormente, vai ofertar 51% das ações ordinárias, ou seja, vai oferecer seu controle em um processo competitivo.

Já a ClientCo vai concentrar todos os clientes de cobre, residenciais e empresariais, além do Oi Soluções. Atividades de venda, marketing, atendimento e outras também ficarão a cargo.

A infraestrutura da InfraCo será contratada pela ClientCo para utilização. De acordo com a estimativa da operadora, será uma empresa com R$ 10 bilhões de receita.

Com informações de Convergência Digital

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Reinaldo Silva

A competição em primeiro lugar

Cidade - UF
Cubatão SP
Eder Angelo Soares

Ela deve quase 30 bilhões ao governo, esse dinheiro daria para fazer 30 mil km de rodovias, quem e quando será pago ? Fique sabendo que se ela não pagar, são todos brasileiros que vai levar calote dela.

Cidade - UF
macaé