AT&T se diz ‘otimista’ e ‘satisfeita’ com desempenho do HBO Max

Plataforma de streaming foi lançada nos Estados Unidos no último dia 27 de maio.

Nesta quarta-feira, 17, durante conferência com investidores, John Stephens, diretor financeiro da AT&T, anunciou que a companhia está “otimista” e “satisfeita” com as tendências do recém-inaugurado HBO Max.

Sem revelar o número de assinantes, o executivo afirmou que o lançamento da nova plataforma é “um processo de vários anos, mas até agora tudo está bem”. Ele também elogiou a “tremenda” oportunidade internacional para o HBO Max.


A empresa deverá apresentar mais detalhes sobre a audiência de seu novo produto somente em julho, quando será divulgado os seus resultados financeiros.

Lançado nos Estados Unidos há três semanas, em 27 de maio, o serviço de streaming tem como principal diferencial a sua robusta biblioteca da Warner Bros e da HBO, o que inclui uma longa lista de filmes e séries exclusivas.

Entretanto, o HBO Max enfrenta forte concorrência de plataformas já estabelecidas, como a Netflix, e outras recém lançadas, como o Disney+.

Apesar da Covid-19, o que significa “tempos desafiadores no setor de mídia, acreditamos que temos os melhores ativos e a melhor plataforma para avançar”, afirmou o diretor da AT&T.

VIU ISSO?

–> Canais da TV por assinatura podem ser vendidos via streaming

–> HBO Max enfrenta polêmica racial em estreia

–> Séries da HBO surgem misteriosamente no Amazon Prime Video

Nesta semana, a WarnerMedia, do mesmo conglomerado da AT&T, anunciou o fim do HBO Go, uma iniciativa que visa unificar marcas e plataformas de streaming.

O lançamento do HBO Max no Brasil só deve ocorrer em 2021.

Com informações de Hollywood Reporter e Deadline.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários