Vivo vai vender brinquedos nostálgicos nas lojas

Operadora quer interagir com todos os públicos e desestimular o vício tecnológico; conheça a iniciativa.

Brinquedos dos anos 90
Imagem: Elite Daily

Qual é o limite para a interação de crianças com a tecnologia? Com essa questão, a Vivo dá continuidade na campanha que destaca a importância dos momentos de desconexão na vida de seus usuários.

Depois de criar uma ação sobre a importância das brincadeiras à moda antiga, a operadora vai levar o projeto para as lojas físicas, que passarão a vender brinquedos nostálgicos.


Ou seja, aqueles que deixaram saudades, marcaram gerações e não dependiam de qualquer conexão tecnológica para garantir a felicidade das crianças.

Além disso, as lojas terão espaços para os pequenos brincarem enquanto os pais fazem compras ou fecham a contratação de um plano móvel. Todos os produtos foram definidos por meio de parceira e não visam lucro, segundo a Vivo.

VIU ISSO?

–> Vivo oferece 50 GB para streaming por R$ 0,99; entenda

–> Vivo está de olho nos pequenos provedores de internet

–> Vivo Easy reduz diárias em mais de 80%

Para Christian Gebara, CEO da operadora e responsável pela ideia, é um desafio concorrer com o mundo digital, que é sempre mais interessante para a mente das novas gerações. O executivo é pai de dois adolescentes.

A iniciativa insere a Vivo em um debate de extrema importância com naturalidade, segundo especialistas do mercado publicitário.

A marca, pela primeira vez, terá uma oportunidade única de interagir com todos os públicos, da criança ao sênior. Palestras sobre o tema também estão nos planos da prestadora.

Com informações de Estadão

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários