Claro leva a pior em recurso contra Vivo e TIM

Operadora se posicionou contra o compartilhamento de redes entre as duas operadoras e pediu uma nova análise.

Ilustração - Compartilhamento
Imagem: Freepik

Se depender do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), Vivo (VIVT3) e TIM (TIMP3) continuam com o caminho livre para o compartilhamento de 2G, 3G e 4G que envolverá diversas cidades brasileiras.

Quem tentou dificultar o acordo entre as duas empresas foi a Claro, principal concorrente de ambas. Em recurso para a autarquia, a operadora destacou que os efeitos anticompetitivos não foram considerados na análise e fez outras considerações.

Mas, não levou a melhor. Lenisa Prado, conselheira do CADE, analisou que não existem motivos suficientes para invalidar a operação entre as duas prestadoras de telecomunicações.

Os argumentos foram cautelosamente analisados e a conclusão é que não foram trazidos elementos fáticos ou novos argumentos para justificar uma reforma da decisão.

De acordo com o CADE, um descontentamento pode ser enviado diretamente para a Anatel, que já validou a operação e segue responsável pela regulação do setor.

Para Lenisa Prado, a agência legalmente tem que enfrentar questões concorrenciais como a levantada pela Claro no recurso. “Não há como dissociar a regulação bem feita da proteção da concorrência”, alegou.

VIU ISSO?

–> Conheça os estados onde Claro, Vivo, TIM e Oi lideram com folga
 
–> TIM e Vivo anunciam compartilhamento de redes 2G e 4G

–> Claro está a 41 mil linhas de perder a vice-liderança para a TIM

O compartilhamento de redes entre as operadoras Vivo e TIM foi anunciado em julho de 2019. Em dezembro, foi possível conhecer mais detalhes da operação, que só no 3G e 4G deve envolver mais de 800 cidades.

A nova análise do CADE foi divulgada pelo jornalista Samuel Possebon.

Com informações de Teletime

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
7 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários