Quebra de fidelidade gera multa de R$ 250 com a TIM

Consumidor solicitou serviços da operadora, mas a entrega do pacote não foi na totalidade.

Imagem: Flickr

Marcelo Luiz da Silva, morador da zona leste de São Paulo, solicitou um pacote com banda larga e telefonia fixa da TIM. No entanto, o consumidor recebeu apenas a internet contratada, apesar de sua oferta contemplar mais serviços.

No ato da instalação, registrada no dia 11 de março, o técnico alegou que não faria o serviço completo por causa do horário e deixou ainda um fio pendurado, que precisou ser retirado por oferecer perigo às crianças.

O profissional não retornou para terminar o serviço nos dias seguintes. Assim que entrou em contato com a atendente da operadora, o cliente foi informado que o responsável pela instalação registrou o serviço como “concluído”.

VIU ISSO?

–> TIM Live vai ganhar expansão via rede neutra
 
–> TIM Live com limite de franquia? Entenda a polêmica

–> TIM Live entrega metade da velocidade contratada por cliente

A empresa até prometeu que voltariam para colocar o telefone fixo, mas novamente ninguém aparece. Foi quando o consumidor realizou um novo contato com a prestadora e ouviu a atendente questionar o que mais ele queria, já que a internet estava instalada. “Quero o pacote que contratei”, respondeu.

Com o transtorno, Marcelo Luiz da Silva encontrou uma única saída: o cancelamento. Foi nesse momento que recebeu uma cobrança de R$ 250 pela quebra de fidelidade e resolveu levar o caso à imprensa.

Em posicionamento, a operadora confirma o cancelamento do serviço e alega que desconsiderou a multa e a mensalidade referente ao período em que o consumidor teve problemas técnicos.

Com informações de Agora SP (Folha de S.Paulo)

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários