Oi vai mudar plano de recuperação judicial

Aditamento solicitado pela operadora foi deferido pela 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro.

Ilustração contrato
Imagem: Pixabay

O plano de recuperação judicial da Oi (OIBR3 / OIBR4) vai passar por mudanças. Protocolado no dia 28 de fevereiro, a solicitação foi deferida na última sexta-feira, 6 e divulgada por volta das 23h pela empresa.

Na aprovação, a 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro estabeleceu que a companhia e suas subsidiárias devem apresentar a proposta em 180 dias corridos, a contar da data de publicação da decisão.


Outra diretriz foi o que o Administrador Judicial organize uma nova AGC no prazo de 60 dias, que começa a contar a partir do momento em que a operadora apresentar o aditamento.

VIU ISSO?

–> Oi protocola aditamento da recuperação judicial

–> TIM deve ficar com 70% da Oi Móvel

–> Oi quer acelerar ainda mais expansão da fibra óptica

A ideia da Oi é criar uma estrutura societária e operacional mais eficiente para a recuperação judicial e maximizar o valor da marca.

Com a mudança, a flexibilidade do plano também será maior, conforme destaca a tele no comunicado assinado por Camille Loyo Faria.

Atualmente, a empresa vive um momento de realinhar suas estratégias para garantir a sobrevivência e boa performance de atuação nos próximos anos.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
0 0 voto
Nota para o redator
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários