Ministério defende aumento da banda larga em escolas

Ideia é agilizar aprovação de projeto de lei que autoriza a utilização de fundos públicos para expandir serviços de telecomunicações em áreas carentes.

Imagem: Feliphe Schiarolli/Unsplash

Nesta quarta-feira, 12, durante debate na Comissão de Desenvolvimento Regional (CDR), Karla do Valle Cavalcanti, representante do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), defendeu a utilização de recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) para ampliar o acesso da internet banda larga em escolas públicas.

Desde 2007, tramita um Projeto de Lei do Senado (PLS) que propõe utilizar até 75% dos recursos arrecadados pelo Fust para prover acesso a redes de informação em estabelecimentos de ensino, até que a banda larga esteja efetivamente universalidade em todas as escolas do país.


O Fust arrecada 1% das receitas operacionais brutas das empresas que prestam serviços de telecomunicações em regime público ou privado.

O PLS 103/2007 já teve aprovação com mudanças pela Câmara dos Deputados e deverá voltar ao Senado para nova votação.

VIU ISSO?

–> Projeto de lei quer acelerar a implantação de antenas de telefonia

–> STF desobriga operadoras de cumprir lei estadual

–> Projeto de lei quer garantir SMS gratuito durante emergências

“Telecomunicações precisam de um fundo especialmente voltado às áreas carentes e que incentive a atividade econômica das empresas. Esse é um debate que deve estar sempre na agenda pública” argumentou Karla.

A audiência foi requerida pelo senador Izalci Lucas (PSDB-DF), com o objetivo de estimular programas para expandir regionalmente os serviços de telecomunicações. Para isso, ele defende a importância da redução da carga regulatória para expandir o acesso à internet no Brasil.

Marcos Ferrari, presidente-executivo do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil), critica a falta de investimentos e o excesso de impostos no setor de tecnologia, o que diminui a distribuição de conectividade em cidades.

Além da PLS 103/2007, a representante do MCTIC também defendeu outros projetos do ministério, como o “Computadoras para Inclusão” que visa recondicionar computadores para serem doados em regiões que precisam de inclusão digital.

Com informações de Agência Senado.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários