Comissão aprova proposta que transforma operadoras de TVA em aberta

Projeto de lei pretende unificar tratamento normativo das prestadoras de conteúdo audiovisual.

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI), da Câmara dos Deputados, acaba de aprovar proposta que permite a adaptação das outorgas das operadoras de Serviço Especial de Televisão por Assinatura (TVA) para TV aberta.

Com autoria de Cezinha de Madureira (PSD-SP), o Projeto de Lei (PL) 3098/2019 estipula que a mudança na licença deve ser submetida à aprovação do Congresso Nacional por meio de decreto legislativo.


A radiodifusão de sons e imagens em TV aberta deverá ocorrer na mesma localidade e ficará vigente pelo prazo remanescente da outorga.

Atualmente, o serviço de TVA possui 25 outorgas e existe somente em capitais, apesar de não estar presente em todas elas.

VIU ISSO?

–> Amazon Prime Vídeo avança frente à Netflix

–> Emissora deixará a grade da SKY em breve

–> Claro net tv adiciona nova emissora na grade

“A intenção é que somente seja autorizada a migração para o serviço de TV aberta, caso a concessionária cumpra todos os requisitos, condicionantes e obrigações legais e regulamentares aplicáveis às emissoras de radiodifusão. Do contrário, incorreríamos no risco de criar incompatibilidades entre a nova lei e as demais legislações que compõem o arcabouço normativo da área de radiodifusão”, justificou Alex Santana (PDT-BA), relator da PL.

A proposta será analisada em caráter conclusivo pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC). Caso aprovada, a lei entra em vigor na data de publicação.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de