Site para consulta de pré-pagos será lançado em janeiro de 2020

Anúncio foi feito pela Anatel e faz parte do Projeto Cadastro Pré-pago. Conheça mais detalhes.

Ilustração smartphone
Priscilla Du Preez (Unsplash)

Em breve, a Anatel vai lançar um portal para que todos os consumidores possam consultar linhas móveis pré-pagas cadastradas em seu CPF. O lançamento é previsto para o dia 6 de janeiro de 2020.

Trata-se de uma sugestão das operadoras Algar, Claro, Oi, Sercomtel, TIM e Vivo no Plano de Ação Setorial no âmbito do Projeto Cadastro Pré-pago. A ideia é garantir mais segurança aos usuários.


A medida surge como uma forte aliada do setor de telecomunicações no combate de fraudes e subscrições, ou seja, os números associados de maneira indevida ou errônea aos CPFs.

O site fará uma pesquisa com os dados do usuário em todas as operadoras de telefonia. Se houver alguma associação não reconhecida, o consumidor terá uma orientação com todos os passos a serem seguidos para realização da denúncia.

Para os que ainda não estão familiarizados, o Projeto Cadastro Pré-pago tem sua realização em etapas. A primeira consiste no recadastramento de todas as linhas do segmento no país.

VIU ISSO?

–> Operadoras vão exigir selfie para recadastrar linhas pré-pagas

–> Processo para recadastramento de clientes pré-pago foi iniciado

–> Anatel: cadastro de chips pré-pago passará a ser mais rigoroso

Consumidores receberão notificações das operadoras para reenviarem seus dados. Caso não cumpram com os pedidos da solicitação, poderão perder suas linhas. Até o momento, mais de 85 mil linhas foram encontradas em situação irregular.

De acordo com as estimativas da Anatel, cerca de 44 mil já foram bloqueadas e mais de 32 mil foram atualizadas. Os dados correspondem a operação realizada nos estados: Goiás, Distrito Federal, Acre, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rondônia, Santa Catarina e Tocantins.

Atualmente, o recadastramento segue em Alagoas, Espírito Santo, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Roraima, Rio Grande do Sul, Sergipe e São Paulo.

Para os estados supracitados, o bloqueio das linhas dos usuários que não atualizarem seus cadastros ocorrerá no dia 18 de novembro.

Os consumidores que tiverem suas linhas cortadas terão que entrar em contato diretamente com a central de atendimento das empresas de telefonia e busca uma solução.

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de