Xiaomi planeja lançar mais de 10 telefones 5G em 2020

Os aparelhos não se limitarão ao segmento top de linha.

Foto Xiaomi

O ano de 2020 deverá ser o ano dos telefones 5G. Somente a Xiaomi promete pelo menos 10 dispositivos habilitados para a próxima geração de conectividade. O anúncio foi feito por Lei Jun, CEO da companhia chinesa, durante a World Internet, na China.

Segundo o executivo, o suporte 5G não será restrito apenas aos telefones considerados “top de linha”, mas também aos modelos intermediários e até de entrada. A decisão teria sido influenciada pela alta procura pelo recém-lançado Xiaomi Mi 9 Pro 5G.


O anúncio surge em meio a grande concorrência no mercado doméstico de sua rival Huawei. No segundo trimestre, a Xiaomi ocupava apenas 11,8% do mercado de smartphones da China.

Se por um lado a empresa perde espaço na China, na Europa o cenário é diferente. Com a pressão dos Estados Unidos em frear a expansão da Huawei, a participação de mercado da Xiaomi na região atingiu 9,6%, acima dos 6,5% do ano anterior, tornado uma marca de telefone emergente nos países europeus.

VIU ISSO?
–> Rumores indicam que iPhone 12 será o primeiro aparelho 5G da Apple
–> Rede 5G é utilizada para conduzir um automóvel na China
–> Dispositivos 5G ultrapassam a marca de 100

Além do Mi 9 Pro 5G, a empresa também lançou neste ano o Xiaomi Mi Mix 3 5G, o que tem ajudado a aumentar a oferta de aparelhos com conexão de próxima geração.

A Samsung também lançou as versões 5G do Samsung Galaxy S10, Samsung Galaxy Note 10 e Samsung Galaxy Fold, bem como o Samsung Galaxy A90 5G.

No entanto, outras fabricantes ainda não parecem estar interessadas com a nova rede. O Pixel 4, do Google, foi lançado sem suporte ao 5G, e a Apple só deve lançar seus primeiros aparelhos 5G em 2020.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de