NOW, da Claro NET, ainda se destaca mas não é imbatível

Acompanhe aqui a continuidade da série que analisa os aplicativos de vídeo sob demanda das operadoras de TV por assinatura.

Homepage do NOW
Imagem: Homepage do NOW

Depois da Oi e SKY, chegou a vez do NOW ganhar uma análise aqui no Minha Operadora. A plataforma de vídeo sob demanda da Claro NET pode ser vista como a grande pioneira na adaptação dos serviços de TV paga para o modelo streaming. Lançada em 2011, sem muito alarde, a proposta se resumia em disponibilizar alguns conteúdos gratuitos, além do velho conhecido “on demand” pela internet.

Com o tempo, veio o inevitável crescimento que inspirou a concorrência. A proposta de ter um serviço para assistir à programação da TV por assinatura sem ficar refém de uma grade com horários definidos ainda é interessante, por maior que seja a evasão do segmento.


Mas na análise, há uma dúvida que fica: o NOW é um benefício para os assinantes ou só mais uma plataforma de lucro para a Claro?

Usabilidade (Layout)

Layout do NOW no smartphone
Imagem: Layout do NOW no smartphone

O serviço consegue se destacar nesse aspecto. Em todas as janelas de exibição, há uma facilidade para navegar no aplicativo.

No site e na aplicação móvel, há uma perceptível discriminação do conteúdo que é pago, assim como daquele que é dependente do pacote escolhido pelo assinante. Entretanto, a exibição dos títulos que são gratuitos ainda precisa de melhoras, a serem destacadas mais a frente.

Porém, ainda assim, é um ponto em que o NOW se destaca frente à concorrência. Um filtro é disponibilizado para que o cliente veja somente o que está disponível de acordo com a oferta contratada. A concorrência bem que poderia seguir esse modelo, não é mesmo?

O layout segue um padrão. Há destaque para as cores da marca, carrossel rotativo com destaques selecionados, assim como uma curadoria que envolve personagens, gêneros, canais, música e outros.

Há um menu de poucas opções, mas a navegação é fácil.

Variedade de títulos

Filmes do NOW
Imagem: Filmes do NOW

Todos os aplicativos VOD disponibilizados pelas operadoras ainda são reféns dos canais na oferta de títulos. Se o assinante não tiver boas opções de conteúdo no pacote, por exemplo, a plataforma não estará tão bem abastecida assim, a não ser que que o cliente compre filmes, séries ou programas.

O NOW possui uma curadoria especial para destacar lançamentos, ofertas, mas é óbvio que o catálogo inteiro do serviço não está incluído nessas seleções. Portanto, há títulos sem o aviso de pago ou gratuito.

O consumidor menos familiarizado pode apertar o play e ter a surpresa da notificação de compra ou aluguel. Uma experiência que pode ser desagradável e motivar um logoff de imediato da plataforma.  

Os filmes e séries marcados como “Claro Vídeo” ficam disponíveis de forma gratuita para os assinantes. Há sucessos como The Walking Dead, American Horror Story, Os Vingadores, entre outros, apesar de ainda ser uma lista limitada.

Nesse aspecto, o SKY Play faz frente ao streaming da Claro NET, ao disponibilizar um canal próprio (1016) na TV com os filmes gratuitos do seu VOD. Há opções até mesmo do Telecine e HBO para não assinantes.

A empresa da AT&T ainda não confirmou essa questão, destacada na análise da semana passada, mas títulos selecionados de canais a lá carte seguem disponíveis no aplicativo para não assinantes.

Se for um benefício da operadora, o NOW perde um ponto na competitividade.

Janelas de transmissão

Versão para desktop do NOW
Imagem: Versão para desktop do NOW

Nessa parte, ponto para a Claro NET. O serviço está disponível via desktop, smartphone e TV, pelo decodificador. O Oi Play segue o mesmo padrão, mas o SKY Play ainda não.

Reprodução

Outra boa surpresa da plataforma. A reprodução tem carregamento veloz, HD habilitado (com uma boa conexão) e tudo diretamente no serviço, sem que o consumidor seja transportado para o VOD de alguma emissora, como é feito no streaming da Oi.

O NOW engloba até mesmo títulos do Looke, sem que o usuário seja redirecionado.

Exclusividade de conteúdo

Divulgação TV Globo. Série "Se eu fechar os olhos agora"
Imagem: Divulgação TV Globo

Apesar de ainda não ser uma opção muito destacada, a Claro NET já flerta com a possibilidade. No início do ano, a empresa adquiriu com exclusividade os direitos da série “Se eu fechar os olhos agora”, produzida pela Globo.

E para surpresa de muitos, o lançamento no NOW furou até mesmo o Globoplay, streaming da Rede Globo.

Se a prática ganhar uma continuidade, configura um bom diferencial perto da concorrência.

VIU ISSO?
Análise: SKY Play se destaca pela curadoria especial de conteúdo
Análise: Oi Play ainda precisa evoluir diante da concorrência
‘Agora, NET está na Claro’, diz novo comercial da operadora

Valores

A Claro TV, que incorporou a NET, oferta planos a partir de R$ 69,99. É a única com conteúdo em 4K em uma oferta de R$ 139,99 mensais. Há preços mais atrativos na concorrência, mas é notório que a operadora investe na qualidade e nos benefícios de seus pacotes para vencer.

Transmissão de canais online

Canais do NOW
Imagem: Canais do NOW

Aqui, um ponto em que o NOW é imbatível. Há mais de 50 opções de canais para transmissão via streaming. Entre elas: ESPN, Discovery, FOX, TNT, FX, TLC, Disney Channel, Boomerang, entre outros.

Análise geral

Pioneiro na adaptação dos serviços de TV paga para a internet, o NOW já tem uma maturidade que pode ser vista como vantagem frente à concorrência. A plataforma já possui até mesmo títulos disponíveis para download e reprodução offline. Isso mostra uma preocupação da Claro em concorrer diretamente até mesmo com a Netflix.

Entretanto, o tempo às vezes é um inimigo. A disponibilização de títulos gratuitos do SKY Play, por exemplo, mesmo pouco esclarecedora, ainda é maior do que no NOW.

Mesmo muito evoluído, os clientes só conseguem ter um bom proveito do serviço se contratarem um generoso pacote de TV por assinatura, com muitas opções de canais e inclusão dos serviços à la carte.

O investimento na exclusividade de produções, além de uma maior variedade de títulos gratuitos pode ser um rápido motor de progresso para o NOW, mas antes de pensar isso, é necessário entender as verdadeiras motivações da plataforma.

Destacar os conteúdos que estão para venda ou locação pode ser puramente estratégico para a operadora. No geral, o streaming da Claro NET ainda se destaca pela evolução do aplicativo, os recursos, mas não é mais tão imbatível quanto antes.

A depender dos hábitos do assinante, a concorrência já oferece benefícios tão interessantes quanto os do NOW.

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

5
Deixe um comentário

avatar
2 Número de Comentários
3 Número de Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
4 Autores de comentários
Edson Net 2015JoseFabRogério Pires Autores recentes de comentários
  Cadastre-se  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Rogério Pires
Visitante
Rogério Pires

Excelente matéria, abordou bem os “prós” e “contras” da plataforma! Considero o NOW um diferencial e me surpreendi positivamente quando fiz o Combo da NET a anos atrás. Roda muito bem, qualidade HD, menu intuitivo; mas é como abordado acima, para tirar um bom proveito, é necessário que se tenha um pacote de canais bacanas, pois tudo ficará disponível para assistir quando e onde quiser. Pode se alugar filmes e séries lançamento, mas nunca o fiz, considero os valores muito elevados, além do mais, é só ter um pouco de paciência que depois de alguns meses já estará disponível gratuitamente.… Leia mais »

Cidade - UF
Uberlândia - MG
Fab
Visitante
Fab

desculpe contrariar o texto, mas o NET Now online não é em alta definição, é sim uma imagem limpa, porém não é HD real. Sou ex funcionário de vendas NET.

Cidade - UF
Goias
Jose
Visitante
Jose

HD sim. Mais que HD até. Dependendo do filme(original). Sua biblioteca de 8K comparei com Netflix e o NOW tem mais.

Cidade - UF
São Paulo
Fab
Visitante
Fab

me refiro no modo “no ar”, que seria os canais ao vivo

Cidade - UF
Goiás
Edson Net 2015
Colaborador

Na realidade isso depende mais da programadora do que da operadora. Existem canais em IPTV com diferentes tipos de transmissão ao contrário da imagem que chega no decoder físico que é em HD. Existe atualmente conteúdo em 4K disponível para assinantes do plano TOP 4K (para experiência completa tem se faz necessário uma televisão com tecnologia 4k)

Cidade - UF
São Paulo - Santo André