Análise: Oi Play ainda precisa evoluir diante da concorrência

Investimento da operadora Oi no mercado de vídeo sob demanda agrada, mas fica atrás dos concorrentes em alguns aspectos.

Site do Oi Play
Imagem: Homepage do Oi Play

A partir desta quinta-feira, 29, o Minha Operadora inicia uma série especial com análise dos aplicativos de vídeo sob demanda oferecidos pelas TVs por assinatura. As publicações serão semanais.

Com a constante evasão de clientes para os aplicativos de streaming, as empresas de TV paga iniciaram um movimento natural para a web. Trata-se de uma adaptação às mudanças do mercado e aos novos hábitos do consumidor, que quer a opção de escolher o que vai assistir, no dia e horário que for mais confortável para si. Sem ficar refém de uma programação com exibição programada pelos canais.


E como é possível unir TV por assinatura e streaming? A resposta é bem simples. O tradicional serviço de locação para filmes se integra com a programação de diversos emissoras, que é disponibilizada no aplicativo oferecido pela operadora.

Entretanto, na prática, como o recurso funciona? É realmente uma vantagem para o cliente? É isso que vamos descobrir. A primeira plataforma escolhida para análise é a Oi Play.

Usabilidade

Design do Oi Play
Design do Oi Play

O aplicativo se destaca nesse aspecto. O novo design é bem alinhado com as cores da marca e a arquitetura de informações facilita a navegação do usuário. Na plataforma, é fácil localizar filmes e séries para locação, assim como todo o conteúdo gratuito que é disponibilizado pela Oi, para assinantes de qualquer pacote.

Na tela principal, há ainda uma sugestão de títulos, mas não deu para identificar se são recomendações baseadas nos conteúdos que o usuário assiste.

A personalização, popular em serviços como a Netflix, também está disponível. O assinante tem a possibilidade de criar suas próprias listas, além de poder alterar pacotes e conferir a programação da TV.

Variedade de Títulos

Filme no Oi Play
Filme no Oi Play

Aqui, o usuário ainda pode se sentir um pouco refém dos planos e combos da operadora. É quando sentimos a verdadeira distância entre aplicativos de TV por assinatura e serviços de streaming como Amazon Prime Vídeo e Netflix.

Não existe simplesmente uma opção de pagar e ter todos os conteúdos disponíveis. Há os filmes para locação, além do conteúdo que é disponibilizado de acordo com o pacote que cada usuário escolhe.

Se um consumidor estiver interessado por filmes do FOX Premium, HBO ou Telecine, terá que ter um plano com esses serviços devidamente contratados.

Entretanto, a operadora disponibiliza uma lista de conteúdo gratuito com 118 filmes e 56 séries de TV. Entre os sucessos do cinema, é possível encontrar animações da Disney como Valente, Enrolados, A Nova Onda do Imperador, além de clássicos do cinema como Halloween e Exorcista.

VIU ISSO?
Oi anuncia novidades em coletiva de imprensa
Oi tem nova estratégia para fugir da falência
Gisele Bündchen comanda a SKY Play Corp. em filme da operadora

O catálogo ainda é limitado se comparado com a concorrência do SKY Play e NET Now, além de gigantes como a Netflix. São títulos antigos, mas podem ser considerados como boas opções de entretenimento para o assinante.

Reprodução

Títulos no Oi Play
Títulos no Oi Play

Apertar o play em um filme ou série na plataforma não é uma experiência ruim. O carregamento é rápido, a transmissão é em HD se o usuário estiver em uma boa conexão móvel ou de banda larga, mas há problemas.

A plataforma ainda é refém de alguns aplicativos de seus canais. Entre eles: Telecine Play, HBO Go, entre outros.

Enquanto a concorrência das outras operadoras de TV paga reproduz conteúdo diretamente em seus aplicativos, a Oi Play transporta seu assinante diretamente para o serviço de streaming das emissoras.

Por exemplo, se o usuário tiver interesse na série Game of Thrones, sucesso da HBO, ele será redirecionado para assistir na plataforma da emissora, a HBO Go. Há poucas exceções.

É um ponto negativo para o Oi Play, que desperdiça o diferencial de ser uma única plataforma para reunir conteúdo de todas essas emissoras, sem que o usuário tenha o trabalho de procurar pelo aplicativo de cada uma delas.

Canais ao vivo

Canais ao vivo no Oi Play
Canais ao vivo no Oi Play

A transmissão online de canais segue como uma polêmica entre produtores e distribuidores de conteúdo. O tema debatido principalmente pela Claro e FOX, que entraram em um debate sobre isso.

No Oi Play, são poucas opções disponíveis nos aplicativos, mas bem funcionais.

É possível assistir Band, FOX, FX, FOX Premium, Discovery, Discovery Kids, Nickelodeon, MTV, ESPN e FOX Sports. São 10 opções. O Net NOW, por exemplo, oferece mais variedades de transmissão via aplicativo, mas é um bom começo para a Oi nesse aspecto.

Valores

Quando o assunto são os preços, a Oi se destaca. A plataforma vem incluída nos pacotes da operadora, mas as opções são flexíveis. O cliente, por exemplo, tem a opção de contratar o Oi Play sem necessariamente fazer uma assinatura de TV paga. Por R$ 99,90 é possível ter internet banda larga via fibra, telefonia fixa e acesso ao aplicativo.

Já o combo total da operadora, com todos os serviços, é ofertado com valores a partir de R$ 259,90.

Entretanto, a opção mais interessante para os fãs de streaming é o Oi Total Play. Um plano com 200 Mbps de internet, telefonia fixa e Oi Play com Discovery Plus, Kids, Nickelodeon e HBO Go por R$ 144,90.

A fins comparativos, uma conexão de banda larga com 100 Mbps tem custo em torno de R$ 100 ao mês. Um serviço como o HBO Go, por exemplo, tem o valor de R$ 34,90. Nesse caso, a operadora oferece o dobro dessa velocidade e cinco plataformas à disposição.

Futuro do Oi Play

Filmes no Oi Play
Filmes no Oi Play

Ainda não dá para saber se os resultados negativos da operadora vão impedir os planos futuros de investimento no streaming. Mas em junho desse ano, a Oi apresentou propostas promissoras para expansão do Oi Play.

Uma delas é o lançamento do Streaming Box, dispositivo com sistema operacional Android que integra o Oi Play com Netflix, YouTube e outros. Um aparelho para conectar a TV tradicional à internet.

A operadora também tem planos com a funcionalidade “Para trocar”. Todo mês, os assinantes podem escolher um serviço “on demand” para consumir. Os conteúdos disponíveis têm um valor em plays, moeda virtual da Oi.

Os planos da marca que possuem esse recurso poderão acumular moedas para consumir filmes, séries ou programas no Oi Play.

Análise geral

A plataforma de vídeo sob demanda da Oi apresentou um crescimento significativo. O aplicativo segue disponível para Android, iOS e já chegou até mesmo nas Androids TV. Em relação a variedade de conteúdo, ainda perde para concorrentes como a SKY e Net NOW.

Mas a flexibilidade de pacotes da Oi se destaca como o grande diferencial para os assinantes, que ganham um bom aplicativo de VOD da operadora. Ainda precisa melhorar, mas é uma sinalização interessante para os modelos de negócio do futuro.

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

Deixe um comentário

avatar
  Cadastre-se  
Notificação de