Apenas 50% das pessoas que usam celular têm acesso real ao 4G

Levantamento da Anatel mostra que do total de 235 milhões de linhas ativas, apenas 116 milhões estão aptas a usar a tecnologia.



Apesar das redes 4G estarem operando em 4.071 municípios brasileiros, onde moram 94% da população, apenas metade das pessoas que usam celular possuem acesso real à tecnologia.


Um levantamento divulgado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta sexta-feira (03) mostrou que somente 50,29% dos contratos de internet móvel do país são compatíveis com o 4G. 


De acordo com a agência, do total de 235 milhões de linhas ativas, 118 milhões de clientes estão aptos a usar o 4G no celular. 

O 3G é a segunda tecnologia mais popular, com 30% do mercado, enquanto o 2G representa outros 11%.

Para o órgão regulador, a conectividade por 5G ainda está distante da realidade. Suas projeções apontam o uso comercial da tecnologia somente em 2020


LEIA TAMBÉM:



Nos Estados Unidos, a quinta geração de redes móveis deve aparecer no máximo em mais 12 meses.


Na última segunda-feira (30), a Nokia divulgou que irá fornecer US$ 3,5 bilhões em equipamentos para a rede 5G da operadora norte-americana T-Mobile.

A primeira rede 5G do mundo foi lançada pela Ooredoo em maio, na cidade de Doha, capital do Catar. No entanto, o país ainda não conta com smartphones compatíveis.

O relatório também aponta que existem mais clientes de pré-pago do que do pós-pago. No entanto, há uma migração da primeira modalidade para segunda.

São Paulo ocupa o primeiro lugar no ranking de estados com linhas móveis: são 62 milhões de clientes na região. Na sequência aparecem Minas Gerais (22 milhões) e Rio de Janeiro (20 milhões). 

O maior crescimento dos últimos 12 meses foi visto no Amazonas, com a ativação de 147 mil linhas.

COMPARTILHAR:

Acompanhar esta matéria
Notificação de
7 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários