sexta-feira, 20 de julho de 2018

Oi oficializa aumento de capital parcial nesta sexta

O que você achou? 
Mais de 1 milhão de novas ações já começam a ser entregues aos credores, mas ainda fica faltando uma parte, que será negociada no dia 23.

A Oi homologou parcialmente, nesta sexta-feira (20), o aumento de capital previsto em seu plano de recuperação judicial. O capital social da companhia passará a ser de R$ 32 bilhões, dividido em mais de 2,34 bilhões de ações (2 bilhões de ações ordinárias e 157 milhões de preferenciais).

Assim como disse que faria, a operadora terminou de verificar a subscrição de ações nesta sexta. No aumento de capital, serão emitidas 1.514.299.603 novas ações ordinárias e 116.480.467 bônus de subscrição, que serão entregues aos acionistas que exerceram seu direito de preferência.



O aumento de capital envolve justamente a emissão de ações que começam a ser entregues aos credores em troca da dívida que a Oi tem com eles. E como houve mais interessados do que era esperado, o aumento foi parcial por hora, mas o restante das ações devem ser negociadas na B3 na próxima segunda-feira (23).

A companhia ainda esclarece as ações subscritas pelos acionistas: "Do total de Novas Ações e Bônus de Subscrição emitidos no Aumento de Capital, 68.263 ações ordinárias e 5.197 bônus de subscrição foram subscritos por acionistas da Companhia que exerceram seu direito de preferência e não condicionaram sua decisão à subscrição da totalidade das ações objeto do Aumento de Capital, e 1.514.231.340 ações ordinárias e 116.475.270 bônus de subscrição, que serão representados por American Depositary Shares e American Depositary Warrants, foram subscritos por titulares de Créditos Quirografários dos Bondholders Qualificados mediante a capitalização dos seus respectivos créditos".

LEIA TAMBÉM:

Em breve as informações sobre a composição acionária da Oi estarão disponíveis no formulário de referência presente no site da CVM.

"A Companhia informa ainda que, nos termos do art. 72 do Estatuto Social, tendo ocorrido uma diluição em sua base acionária superior a 50% como resultado do Aumento de Capital, a restrição de voto ali prevista foi extinta e deixou, imediata e irrevogavelmente, de operar efeitos com relação ao exercício do direito de voto por acionistas da Companhia", informa em comunicado.

Agora, a Oi continua seguindo sua estratégia de transformação e seguindo as etapas do plano de recuperação. Logo um novo comunicado ao mercado deve ser enviado, falando sobre o restante da homologação do aumento de capital.


Nenhum comentário:

Postar um comentário