sexta-feira, 6 de julho de 2018

Processo sobre aumento de capital da Oi é arquivado pelo Cade

O que você achou? 
Além de falar sobre o arquivamento em um comunicado, Oi também envia outro falando sobre a redução de participação do acionista Goldman Sachs.

A Oi enviou, nesta última quinta-feira (5), dois comunicados informativos sobre a companhia ao mercado. Em um deles, ela afirma que o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) acaba de arquivar o processo que analisava o aumento de capital da Oi, o mesmo previsto em seu plano de recuperação judicial

Apesar de já ter autorizado a operação em junho, o Conselho ainda aguardava para ver se alguém se manifestava contra o aumento de capital. Como nada aconteceu, o processo foi arquivado e a Oi fica livre para trocar parte de sua dívida em ações para os credores




LEIA TAMBÉM: 

Além desse comunicado, a Oi também informou que a corretora Goldman Sachs, que detinha 5,4% do total de ações da companhia, diminuiu sua participação acionária para 4,58%. 

Apesar disso, a empresa, que é uma subsidiária do banco de investimento Goldman Sachs, disse que o investimento não envolve nenhuma mudança na composição do controle acionário ou na alteração da estrutura administrativa da Oi.

"Este é um investimento minoritário que não envolve mudança na composição do controle acionário ou na alteração da estrutura administrativa da Companhia. Atualmente, as Entidades Goldman não visam adquirir outras ações da Companhia. As Entidades Goldman, ou quaisquer de suas afiliadas ou controladas, não detém, direta e/ou indiretamente, debêntures conversíveis de emissão da Companhia, bem como não fazem parte de nenhum contrato ou acordo dispondo sobre direito de voto ou sobre a compra e venda de valores mobiliários de emissão da Companhia".

Nenhum comentário:

Postar um comentário