terça-feira, 10 de julho de 2018

iPhones compatíveis com a rede 5G devem chegar em 2020

O que você achou? 
Parceria entre Apple e Intel deve ser mantida, apesar de rumores contrários.


No mundo da tecnologia, a briga é para ver quem irá lançar o primeiro smartphone 5G do mundo. A Apple provavelmente não será a primeira, mas há rumores de que os iPhones de 2020 já serão compatíveis com a nova tecnologia.

Entre as informações vazadas recentemente está a decisão (ou indecisão) da Apple em fechar acordo com a Intel para utilizar modems 5G em futuros iPhones.

Na última quinta-feira (5), a Calcalist havia afirmado que a Apple teria notificado a Intel de que "não vai utilizar o modem [de rede 5G] desenvolvido pela fabricante nas próximas gerações de aparelhos móveis", mas talvez a parceria - que nem começou - não vá acabar.

De acordo com o site Tudo Celular, a Intel afirmou que "as obrigações e roteiros para com clientes 5G da Intel não mudaram entre 2018 e 2020. Continuamos comprometidos com nossos planos e projetos para o 5G."

Essa declaração pode ser uma afirmação de que a Apple ainda está trabalhando com a fabricante de chips para modelos de iPhone para 2020.

LEIA TAMBÉM:


Todas as especulações se iniciaram com a decisão da Apple em encerrar a parceria com a maior fabricante de chips para smartphones do mundo, a Qualcomm.

A Qualcomm é uma das fabricantes que está na disputa para lançar o primeiro smartphone compatível com as redes de quinta geração.

Descartada a utilização de chips da companhia por não estar contente com o resultado oferecido, a Apple então teria iniciado conversa com executivos da MediaTek e Intel para decidir quais as melhores soluções para os futuros smartphones da Gigante de Cupertino.

A plausível decisão de manter parceria com a Intel pode não desfavorecer a MediaTek, que ainda possui chance de fabricar componentes internos para Apple ao lado da própria Intel.

Com toda essa especulação, novidades devem surgir nos próximos meses, especialmente após o lançamento dos iPhones em setembro.



Nenhum comentário:

Postar um comentário