segunda-feira, 9 de julho de 2018

Ligações indesejadas aumentam também no telefone fixo

Reclame Aqui registrou, no primeiro semestre do ano, dezenas de queixas sobre chamadas de call centers para números fixos.

De janeiro a junho de 2018, 280 pessoas registraram, no Reclame Aqui, queixas contra os serviços de telefonia fixa, por receberem muitas ligações de empresas de telemarketing. O número foi 16% pior do que em 2017.

As reclamações de consumidores em relação às ligações para fixo e celular chegaram a 662 no portal no primeiro semestre do ano.



Responsáveis pela maior parte desse tipo de contato, as operadoras geralmente ligam para vender novos planos e serviços. Mesmo quando a pessoa diz que não tem interesse, as ligações continuam acontecendo, muitas vezes duas ou três vezes por dia. Ligações mudas e gravações automáticas também fazem parte das reclamações.

Em resposta a esse tipo de situação, a Vivo disse que está reformando a abordagem de seus atendentes do call center, principalmente para reduzir o volume de ligações. A ideia é filtrar os clientes que não querem mais ser incomodados e ligar de acordo com o perfil de seu público. A NET também disse que vai reforçar os procedimentos necessários para evitar o recebimento de chamadas indesejadas.

LEIA TAMBÉM:

Para o Procon de São Paulo, as operadoras só vão parar de atuar dessa forma quando a legislação definir novas regras sobre o assunto, incluindo o limite de datas e horários para as empresas ligarem. É o que já acontece, desde maio de 2018, no Rio de Janeiro, quando as empresas passaram a ser obrigadas a respeitar o horário para ligar entre 8h e 18h, de segunda a sexta-feira.

Somente no Procon-SP, o Sistema de Cadastro de Bloqueio ao Telemarketing registrou 13 mil denúncias até o mês de julho, sendo que, em todo o ano de 2017, as reclamações totalizaram 17 mil.

Para evitar esse incômodo, é importante ligar para a empresa para retirar o número da lista de ligações, ou mesmo falar com a ouvidoria e abrir um protocolo de reclamação. É claro que nem sempre o problema é solucionado, então é possível fazer o bloqueio de telemarketing do Procon, e registrar uma queixa oficial no site da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que deve agir para resolver o problema.

*Com informações da Folha de S. Paulo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.