segunda-feira, 2 de abril de 2018

Nextel adia fim do serviço de rádio para maio

O que você achou? 
Operadora adiou por dois meses o desligamento da rede iDEN numa tentativa que os 217 mil assinantes do serviço migrem para o celular.

A Nextel adiou, por dois meses, o desligamento do seu icônico serviço de rádio, que fez a marca conhecida no Brasil. A rede iDEN, que seria encerrada no dia 31 de março, só será suspensa no final de maio.

Segundo dados de fevereiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o serviço ainda conta com 217 mil assinantes, a maioria nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

A Nextel acredita que adiando o encerramento da rede, esses clientes possam migrar para os seus planos de telefonia móvel.

Para atrair esses usuários, a operadora está concentrando seus esforços na ampliação da cobertura das redes 4G e 3G.

LEIA TAMBÉM:

A Nextel ainda está oferecendo pacotes com o aplicativo Prip, que simula o funcionamento do rádio iDEN, mas usa uma conexão de internet (IP).

Parece que as propostas de migração têm repercutido positivamente, já que apenas no último trimestre, cerca de 30 mil clientes mudaram do rádio para o celular.

A prestadora ressaltou que a falta de novos smartphones com a tecnologia de rádio foi crucial para que decidissem pelo fim do serviço.


4 comentários:

  1. Nextel o teu sinal de 3G aqui na cidade de Caxias do sul RS, não tem condições de ver uma pagina do Facebook de tão lenta

    ResponderExcluir
  2. essa operadora não tem promoção pré-paga posso paga r$ 40 todo mês não dá para o bolso não né

    ResponderExcluir
  3. Nextel e Algar deveriam se unir e formar uma 5a operadora. Algar chega perto de Goiania e Brasilia, 2 cidades muito ricas. Algar se cobrisse GO e DF ja estaria com um número bem maior de clientes.

    ResponderExcluir
  4. Fiz portabilidade recentemente pra Nextel e por enquanto sem problema nnnhum. Espero que continue assim.

    ResponderExcluir