sexta-feira, 20 de abril de 2018

Em 2017, Oi investiu R$ 475 milhões no Centro-Oeste e R$ 1 bi no RJ

O que você achou? 
Operadora também destaca aumento no número de cidades com cobertura 4G.

A Oi anunciou ao Minha Operadora, nesta sexta-feira (20), que investiu mais de R$ 475 milhões na Região Centro-Oeste em 2017. Já foram mais de R$ 1,3 bilhão investidos pela companhia nos últimos três anos.

Também no ano passado, o investimento somente no Rio de Janeiro chegou a R$ 1,1 bilhão, um aumento de 17% em comparação com 2016. Já em todo o Brasil, o investimento total foi de R$ 5,6 bilhões, registrando aumento de 18,3% em relação ao ano anterior.




A maior parte dos recursos foi aplicada na modernização da infraestrutura e expansão da capacidade de rede, na expansão do 4G e nos serviços de TI.

Em relação ao número de sites de telefonia móvel, foram implantados 94 novos no Rio de Janeiro e 96 no Centro-Oeste, sendo que 3.299 e 3.253, respectivamente, foram ampliados ou modernizados.

Além disso, a companhia expandiu o número de acessos para o serviço de banda larga fixa. Foram 62,5 mil novas portas na região CO e 91,5 mil no Rio de Janeiro.


COBERTURA 4G


Conforme a Oi divulgou nos últimos resultados trimestrais e também durante a coletiva de imprensa realizada nesta semana, agora um dos seus focos é correr atrás do prejuízo também na cobertura 4G. Hoje ela cobre 813 municípios.

Segundo informações divulgadas pela operadora com exclusividade para o Minha Operadora, houve um aumento de 116% no número de cidades com cobertura de 4G da Oi em 2017 no Centro-Oeste, e 35% no Rio de Janeiro.

LEIA TAMBÉM:

No Rio, 35 cidades têm o 4G da Oi. São elas: Rio de Janeiro, Angra dos Reis, Araruama, Barra Mansa, Belford Roxo, Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Casimiro de Abreu, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Macaé, Magé, Mangaratiba, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Petrópolis, Queimados, Resende, Rio Bonito, Rio das Ostras, São Francisco de Itabapoana, São Gonçalo, São João da Barra, São João de Meriti, Seropédica, Teresópolis, Vassouras e Volta Redonda.

Já em toda a região Centro-Oeste, 57 cidades foram contempladas: Cuiabá, Barra do Bugres, Campo Verde, Colíder, Guarantã do Norte, Juara, Lucas do Rio Verde, Luciára, Peixoto de Azevedo, Poconé, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, São Pedro da Cipa, Sinop e Várzea Grande (MT); Campo Grande, Amambaí, Corumbá, Coxim, Dourados, Maracaju, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Sidrolândia e Três Lagoas (MS); Goiânia, Águas Lindas de Goiás, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Caldas Novas, Castelândia, Cidade Ocidental, Cristalina, Formosa, Goianira, Inhumas, Iporá, Itaberaí, Jaraguá, Jataí, Luziânia, Minaçu, Mineiros, Niquelândia, Porangatu, Posse, Quirinópolis, Rio Verde, Santa Helena de Goiás, Santo Antônio do Descoberto, São Luís de Montes Belos, Senador Canedo, Trindade, Uruaçu e Valparaíso de Goiás (GO) e Brasília (DF). 

Após a aprovação do seu Plano de Recuperação Judicial, a Oi está totalmente voltada para o fortalecimento de sua operação e avança na sua estratégia de transformação digital. Nesta semana, anunciou várias novidades em seu portfólio de serviços, principalmente no pós-pago e na TV por assinatura.

Um dos pilares estratégicos neste novo momento da Oi é avançar no seu processo de transformação digital, que promove redução de custos para a companhia e uma melhor experiência dos serviços oferecidos aos clientes.

Conforme reforçou o diretor comercial da companhia, Bernardo Winik, em 2018, a empresa continuará investindo em melhoria da qualidade com a expansão da rede de 4G, da rede de fibra ótica de alta velocidade e da digitalização.


6 comentários:

  1. Tenho usado a Oi o 4G tá em todo lugar no interior

    ResponderExcluir
  2. Tem muitos locais na cidade do Rio que o 4G não pega e em outros, só 2G mesmo. Um exemplo: Na rotatória que existe na Cidade de Deus, ligando a Freguesia, Taquara, Gardênia e Linha amarela, um local super movimentado, pega muito mal o 2G. Em outro local, próximo da Estação do BRT Santa Efigênia, na Taquara também só pega 2G.
    Detalhe que existe uma central da Oi no meio da Cidade de Deus e nesta central tem uma antena 4G, porém se você se distanciar uns 300 metros dela, o 4G some.
    Na Avenida Brasil, na altura da Passarela 10, só 2G.
    Pra início de conversa, a Oi teria que no mínimo oferecer 3G na cidade toda.
    Estou na Oi, porém se no decorrer do ano, não melhorar a cobertura 3G/4G na cidade do Rio, vou pra TIM, o que é uma pena pois o 4G da Oi é ótimo, não tem nem comparação com o da TIM que é todo congestionado e lento. O problema é encontrar o tal 4G.

    ResponderExcluir
  3. Pois é, eu prefiro um mais lento e estavel que um super rápido bombástico que fique caindo pra 2G toda hora.

    ResponderExcluir
  4. Na minha rua a internet mais rápida que tem eda Oi. 2 mega. Quem ainda tem só 2 mega disponível? Só a Oi mesmo

    ResponderExcluir
  5. Engraçado, Moro em Juara-MT, e a Oi lançou recentemente o 4G, porém lançou com uma qualidade muito ruim, chega a no maximo 3mb de velocidade, porem a Oi não homologa na Anatel e nem informa no site, ai não tem como clientes reclamarem, pois para Anatel aqui ainda não tem 4G... Mas para imprensa fica divulgando... Vai entender.

    ResponderExcluir