terça-feira, 17 de abril de 2018

Conheça o Oi Mais Digital, o novo pós-pago da Oi

O que você achou? 
Planos permitem compartilhar e gerenciar dados pelo app e incluem 11 canais do FOX+ gratuitamente, além de programações de ESPN e Discovery Kids.

A partir desta quarta-feira (18), a Oi passa a oferecer aos seus clientes novas opções de pós-pago, que partem de 7GB e chegam a 50GB de dados. Como grande novidade, o Oi Mais Digital inclui serviços exclusivos, inclusive de conteúdo de vídeos (streaming) já inclusos gratuitamente no pacote, como é o caso do recém-lançado FOX+.

Como parte de sua transformação digital e depois de avaliar a necessidade dos clientes, a operadora agora permite o compartilhamento e gerenciamento de internet entre os dependentes de uma mesma linha.





Funcionará da seguinte forma: o titular pode gerenciar o uso de dados da família e compartilhar a internet como preferir com até quatro dependentes. A gestão é feita de forma digital, a qualquer momento, pelo serviço de autoatendimento Minha Oi, pelo celular ou pela internet.

Em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (17), o diretor de produtos e mobilidade e conteúdo da Oi, Roberto Guenzburguer, fez o teste ao vivo da funcionalidade. No exemplo, vimos que, a princípio, os dados vêm divididos de maneira igual para todos os dependentes, mas o app, agora com interface mais simples, mostra vários insights de uso para a família.

É possível entender, por exemplo, o perfil que mais consome dados no mês, a partir de um painel de consumo de dados para cada linha. Quando o perfil está circulado em vermelho, sabemos que o pacote de internet daquele usuário não chegará até o fim do mês. Quando está em amarelo, significa uma tendência de utilização que faz com que aquele pacote de dados se esgote antes do tempo.





A ideia é que, caso uma pessoa gaste mais do que a outra na família, ela possa receber o compartilhamento de dados em tempo real (a partir do “transferir saldo” no app) e que todos fiquem verdes.

Também é possível fazer uma distribuição de internet a partir do próximo mês, que passa a ser recorrente, acessar todo o histórico das ações e também comprar pacotes adicionais – tudo pelo Minha Oi.

Os minutos permanecem ilimitados para qualquer operadora do Brasil em todos os planos pós-pago, o que, junto com as novas funcionalidades, pode fazer com que o serviço se adapte a qualquer perfil de consumo.

Novidade em conteúdos


Quanto aos conteúdos inéditos falados, incluem esportes, filmes, séries e infantil com o acesso aos canais de TV ao vivo e on demand. O cliente passa a ter acesso total às programações de:

  • FOX+
  • WatchESPN
  • Discovery Kids ON!
  • Coleção Oi (com 2 mil séries e filmes) 
  • HBO GO (este somente em maio)

Todos poderão ser acessados em qualquer dispositivo diretamente pelo Oi Play, hub de conteúdo e streaming da operadora, conforme explica um dos diretores da companhia:



Vale lembrar que a disponibilidade desses canais depende do plano do cliente (que especificamos mais abaixo) e não têm nenhum valor adicional. 

Já a navegação, se não for feita pelo Wi-Fi, consumirá os dados, ou seja, não é zero rating. Mas o foco da operadora é de fato o acesso pelo Wi-Fi, aproveitando também os 2 milhões de hotspots da Oi.

“Várias operadoras faziam zero rating de Facebook e hoje já não fazem mais. A maior parte de acesso é feito hoje pelo Wi-Fi, que não consome pacote de dados. Mas por isso nossas franquias são bem maiores do que as da concorrência, sendo que no combo são três vezes maiores”, afirma o diretor de produtos.

O grande destaque, entre os conteúdos, é o FOX+, que transmitirá com o Fox Sports todos os jogos da Copa do Mundo de 2018 ao vivo. O que significa que o cliente pós-pago da Oi poderá assisti-los sem necessariamente contratar um pacote de TV por assinatura. “A Oi é a primeira operadora a lançar a oferta de telefonia móvel com o Fox+”, afirmou a operadora em nota para a imprensa.

Segundo o executivo Guenzburguer, o Oi Mais Digital entrega exatamente o que o cliente esperava, de acordo com as pesquisas que fizeram a operadora correr atrás para crescer no segmento pós-pago. “Ele possibilita a gestão do consumo de internet via Minha Oi, o compartilhamento e transferência de internet e serviços exclusivos incluídos na oferta, além de conteúdos de vídeos gratuitos, uma inovação no mercado”, afirmou.

A Oi chegou a ser questionada que não foi a primeira operadora a oferecer o compartilhamento de dados, já que a Vivo oferece recurso semelhante, mas o executivo afirmou que “tem um único concorrente que faz o compartilhamento de dados, mas começa nos planos de R$ 219 por mês, bem mais caros do que a gente oferece”.

Veja abaixo todos os preços do Oi Mais Digital:

  • Básico 7GB: R$ 84,90 (com serviços Te Ligou, Ubook e Oi Revistas e conteúdos de vídeos do COLEÇÃO OI)
  • Intermediário 15GB: R$ 99,90 (com serviços Te Ligou, Ubook e Oi Revistas e conteúdos de vídeos Coleção Oi e FOX+)
  • TOP 25GB: R$ 189,90 (com serviços Te Ligou, Ubook, Oi Revistas, Play Kids e BT FIT e conteúdos de vídeos Coleção Oi, FOX+, Watch ESPN e Discovery Kids On!)
  • Master 50GB: R$ 299,90 (com serviços Te Ligou, Ubook, Oi Revistas, Play Kids, BT FIT e PRA APRENDER e conteúdos de vídeos Coleção Oi, FOX+, Watch ESPN e Discovery Kids On!)

A assinatura por dependente que compartilha o pacote de dados e a voz ilimitada custa R$ 49,90 por mês, com direito a até 4 dependentes. Supondo que você compartilhe o plano com duas pessoas, seria como cada um pagar R$ 66,56 por mês, com direito a 5GB para gastar cada um, além do acesso gratuito aos filmes do Coleção Oi e dos 11 canais do FOX+. 

COMBO OI TOTAL


A partir de agora, os clientes que contratarem o novo pós no combo Oi Total (serviço convergente que integra TV por assinatura, banda larga, pós-pago, fixo e conteúdo) receberão o dobro da franquia de internet do plano individual.

O plano Oi Total Solução Completa (móvel, banda larga, TV e fixo) pode ser contratado nas ofertas Básico com 14 GB (R$ 244,90/mês), Intermediário com 30 GB (R$ 284,90/mês) e Top com 50 GB (R$ 379,90/mês). Todas as ofertas acompanham banda larga de até 15 MB e fixo ilimitado para qualquer operadora do Brasil.

“Os clientes que contratarem os serviços da companhia dentro do combo Oi Total, além de ganhar mais benefícios como o dobro de dados, podem ter uma economia de cerca de 30% no valor total do plano, se comparado com o valor do serviço avulso”, destaca Bernardo Winik.

SERVIÇOS DE VALOR AGREGADO


Para finalizar, veja para que serve cada um dos Serviços de Valor Agregado inclusos no Oi Total:

  • Audiolivros: aplicativo com mais de 10 mil títulos de livros, revistas, podcats, cursos e palestras para ouvir quando e onde quiser; 
  • BTFIT: oferece um personal trainer online a qualquer hora e em qualquer lugar;
  • PlayKids: aplicativo infantil com centenas de desenhos, jogos e livros;
  • Para Aprender: acesso a cursos com vídeos sobre ENEM, concursos públicos, idiomas e profissões; 
  • Oi Revistas: banca digital móvel, que oferece centenas de títulos para leitura em smartphones, tablets e computador.
  • Te Ligou Pro: permite a identificação de chamadas, o bloqueio de ligações indesejadas, além do gerenciamento dessas ações pelo aplicativo Truecaller.


10 comentários:

  1. A Oi pode se reinventar o quanto for mas depois de todos os problemas que tive (dentre eles mal atendimento, desencontro de informações, cobrança indevida, pessima cobertura, propaganda enganosa), eu não voltaria a ser cliente da Oi. Não mesmo, tô fora!

    ResponderExcluir
  2. Faltou um app de musica, tipo Deezer/Claro Musica.

    ResponderExcluir
  3. Eu estou com o plano de 15GB, mas, o valor foi de R$84,90 devido a portabilidade. Os novos planos ficaram bons, mas, faltou um app de música. A Oi precisa fazer investimentos em cobertura. Tem locais que frequento, embora pouquíssimas vezes, que o sinal regride para GPRS, ou fica 3G/4G sem conexão.

    ResponderExcluir
  4. Oi a maioria do tempo é 3G ou H+ . Insuportável a má qualidade desta operadora . É bom a Anatel fiscalizar essas Novas promoções , pra não vender muita coisa com qualidade zero. E o consumidor ficar chupando dedos.

    ResponderExcluir
  5. A Oi precisa investir muito em cobertura 4G. Na minha casa por exemplo, só pega 3G na rua, entrou dentro de casa pula pra 2G.

    ResponderExcluir
  6. Os planos ficaram bem competitivos (principalmente com o FOX+). O problema, e esse não existe mágica, depende de tempo e dinheiro, (muito dinheiro) continua na questão da infraestrutura... defasada e sucateada. Após a Recuperação Judicial é trabalhar duro e correr atrás do prejuízo. Hoje não sairia da TIM onde pago R$ 66,00 em 11 Gigas para um plano da Oi.

    ResponderExcluir
  7. A Oi tem que investir em cobertura! Qualidade do atendimento da Oi continua péssima, call center despreparado. Não adianta mudar os planos. Já cancelei os Chips da Oi a mais de um ano.

    ResponderExcluir
  8. Perae, tem gente que consegue pegar sinal 3G da Oi? E acha ruim? Eu continuo sem sinal dentro da minha casa! E olha que o mapa de cobertura mostra que as 3 tecnologias estão presentes por la.

    ResponderExcluir
  9. Avante Oi! è bom ver a Oi investindo e forte na briga...

    ResponderExcluir
  10. Só faltou liberar a portabilidade pré por SMS. Os vendedores não gostam de fazer portabilidade pré na loja. Isso é fato consumado.

    ResponderExcluir