Brasil e o 5G: uma longa estrada pela frente

Mesmo com o envolvimento do país no desenvolvimento da tecnologia, a chegada em território nacional ainda parece irreal.
Para quem está antenado nas novidades sobre tecnologias de telefonia móvel, já deve ter ouvido falar que o Brasil será um dos países que trabalharão em conjunto para o desenvolvimento da sonhada tecnologia 5G, onde a velocidade e a constância do sinal seriam muito superiores até ao próprio 4G. Mas será que fazer parte de seu desenvolvimento influenciará na chegada do 5G por aqui?

A grande realidade é que, mesmo já sendo comentada a quase cinco anos, a própria internet 4G ainda é desconhecida para a maioria da população brasileira. Aproximadamente 80% dos municípios ainda não possuem a tecnologia e, desse percentual, 11% sequer possui internet 3G, o que é algo realmente preocupante para um país que estaria investindo em uma estrutura maior.

Além disso, os 20% que possuem internet 4G não podem contar com todo o potencial da tecnologia, visto que a atual rede que distribui o sinal das operadoras não conseguiria suportar milhões de usuários conectados ao mesmo tempo, ainda mais atendendo a demandas grandes e comuns no Brasil, como aplicativos de vídeo e streaming, que consomem muita banda em relação ao que é disponibilizado.

LEIA TAMBÉM:


About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários