Teles buscam acordo global para roaming de dados

Para evitar que o roaming de dados passe pelos mesmos problemas do roaming de voz, onde o preço da tarifa fica, muitas vezes, inacessível para o consumidor, a GSM Association (GSMA) anunciou que 24 grupos internacionais de operadoras móveis concordaram em adotar uma série de medidas comuns para aumentar a transparência na cobrança de roaming de dados em viagens no exterior. 


Entre os signatários do acordo estão três grupos que atuam no Brasil: América Móvil (controladora da Claro), Telefónica (controladora da Vivo) e Telecom Itália (controladora da TIM). Ao todo, os 24 grupos representam mais de quatro bilhões de linhas móveis.

No acerto conduzido pela GSMA, as operadoras passarão a adotar três medidas básicas:  
  1. Envio de uma mensagem de texto informando os preços de roaming de dados assim que o assinante chegar ao exterior; 
  2. Implementação de um limite mensal de gastos com roaming de dados e envio de alerta quando o usuário se aproximar desse limite; 
  3. Suspensão do serviço quando o usuário atingir o limite pré-estabelecido. 

A intenção é que as medidas estejam implementadas até o final deste ano. Participam ainda do acordo as operadoras: AT&T, Axiata Group Berhad, Bharti Airtel, China Mobile, China Unicom, Deutsche Telekom, France Telecom-Orange, Hutchison 3, KT Corporation, MTS, Qtel, SK Telecom, Smart Communications, SoftBank Mobile, Tata Teleservices, Telekom Austria, Telenor, TeliaSonera, Verizon Communications, VimpelCom e Vodafone.


COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários