Telefônica é o mais novo membro do FTTH Council

A Telefônica é o mais novo membro do FTTH Council, organização mundial de desenvolvimento de mercado da tecnologia de fibra óptica nas redes de acesso. A informação foi dada pelo diretor de fibra óptica da própria operadora, André Krieger. “Já está tudo certo e até março a Telefônica será formalmente anunciada como membro do FTTH Council”, diz. A Telefônica é a terceira operadora brasileira a fazer parte do rol de membros da organização, que conta com 300 empresas. As outras são Cemig Telecom e TIM.



O ingresso da Telefônica no FTTH já era mais do que esperado. Desde 2009, a operadora é a que mais tem investido em fibras ópticas domiciliares no Brasil. A incumbent foi a primeira a apostar no fiber-to-the-home e atualmente sua rede soma aproximadamente 1 milhão de home-passed no estado de São Paulo. Krieger, aliás, aproveitou a ocasião para ratificar a ambiciosa e tão propalada missão da Telefônica nesse mercado. “Hoje temos 50 mil clientes FTTH. Nossa meta é ter 1 milhão até 2015”, afirmou.


FTTH Council

O executivo da Telefônica esteve presente em um evento realizado em São Paulo nesta quinta-feira, 26, pelo FTTH Council e a TE Connectivity (antiga Tyco Electronics). O encontro contou com a presença do presidente do FTTH nos EUA e diretor da TE da América Latina, Gilberto Guitarte. Segundo ele, a organização trabalha para conferir escala comercial e desenvolvimento ao mercado de fibras ópticas. Para isso, a produção local de toda a solução óptica, de ponta a ponta, é imprescindível. “Algumas empresas, como Furukawa, Prysmian e Draka fabricam cabos ópticos no Brasil, mas é preciso trazer a produção da parte de distribuição também, como os distribuidores ópticos, caixas de emenda, spliters”, diz. Essas soluções, segundo a TE Connectivity, representam cerca de 25% do custo de uma rede FTTH. “O (alto) valor do CAPEX, além da (carência de) força de trabalho tem sido os principais obstáculos para as operadoras no Brasil migrarem e investirem no FTTH. Mas estamos conversando com elas e com o governo para estimular isso. Não tem jeito, o FTTH é a única solução à prova de futuro. No meio deste ano, lançaremos no Brasil cursos de capacitação de instalação do FTTH em português”, diz.
About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários