sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

TIM está de olho na Cemig e Copel Telecom

O que você achou? 
Informação veio de fontes próximas da empresa ao Estadão, e objetivo principal seria expandir o TIM Live para outras regiões do Brasil.

Ao que tudo indica, a TIM está avaliando a possibilidade de compra de ativos das empresas Cemig e Copel, ambas de energia. A intenção, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, seria fazer a compra e investir nos ativos na área de telecom e crescer em banda larga no Brasil.

Como as empresas não estão oficialmente à venda, a TIM ainda estaria aguardando para formalizar a proposta, segundo uma fonte da alta cúpula da empresa. Ainda assim, os controladores da operadora estariam conversando com as empresas sobre o assunto.


Além da melhora na banda larga com o TIM Live, muito tem sido comentado sobre o fracasso na tentativa de fusão com a Oi - que passa por processo de recuperação judicial e está com problemas com seus acionistas -, o que fez a operadora, controlada pela Telecom Itália, avaliar novas possibilidades para ampliar os serviços por regiões.

No caso da Copel Telecom, a empresa tem mais foco estratégico, e já atua como operadora através da Sercomtel, no Paraná. A Cemig Telecom está presente em Minas Gerais e alguns estados do Nordeste, e o foco principal de atuação é a conexão de internet via redes de fibra óptica.

LEIA TAMBÉM:

Conforme o CEO da TIM Brasil, Stefano de Angelis, comentou em teleconferência de apresentação de resultados na última terça-feira (9), a ideia é que o TIM Live, que teve evolução de 28,2% em 2017 e o maior crescimento do ano entre as operadoras, saia da área de conforto – Rio de Janeiro e São Paulo – e tenha os serviços ampliados.

Vale citar que, oficialmente, nada foi divulgado ainda. Em nota ao Estadão, a operadora afirmou que sempre está atenta às oportunidades do mercado, mas que, no momento, não há qualquer negociação em curso.

Hoje, o mercado avalia a Copel Telecom em cerca de R$ 1 bilhão, e a Cemig em R$ 200 milhões.


Um comentário:

  1. Os pequenos provedores já estão tomando conta do mercado em demanda reprimida, até a TIM resolver estender seu Live TIM para o resto do país pode ser tarde demais...

    ResponderExcluir