Banda Larga: TIM Live ainda é o preferido dos brasileiros em novembro

TIM, SKY, Algar e NET aumentam sua base de assinantes em internet fixa, mas Vivo Fibra e Oi Velox, como mico do mês, continuam com saldo negativo.

O serviço de banda larga da TIM, TIM Live, não para de crescer no Brasil, é o que apontam os últimos dados de banda larga fixa divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta semana. Em novembro de 2017, foram 7.429 novas assinaturas, o que fez a operadora ter um aumento percentual de 1,84% no segmento.

A verdade é que as três primeiras colocadas no ranking medido pelo crescimento percentual foram bem-sucedidas. Ao invés de perderem assinantes, como aconteceu no último levantamento, as operadoras ganharam. A SKY Banda Larga teve saldo positivo de 4.123 assinaturas (+1,14%) e a Algar Telecom 4.737 (+0,89%). Veja o gráfico de crescimento:

Como é de costume, a NET Virtua (Claro) teve o maior número de novas assinaturas no mês (49.565) e ainda é a primeira colocada em números totais de clientes de banda larga, com mais de 8 milhões de contratos fechados. Mas, em números percentuais de crescimento, o TIM Live ainda é o destaque do mês – pelo sexto mês consecutivo.

O mesmo acontece com o Oi Velox, serviço de internet fixa da Oi, mas em números negativos. Conforme divulgamos em matéria especial de fim de ano, desde maio de 2016, a Oi vem sendo o mico do mês, com a maior queda percentual e até mesmo em números totais. Somente em novembro, 19.406 clientes desistiram do serviço, representando uma queda de -0,31%.
O Vivo Fibra, apesar de alcançar a segunda maior base de assinantes no Brasil, também perdeu -2.141 clientes em novembro na comparação com outubro.

O setor, no entanto, teve crescimento de 0,40% no mês, com aumento total de 112.629 clientes. Veja o ranking completo entre as operadoras:

  1. TIM Live: (+1,84%)
  2. SKY Banda Larga: (+1,14%)
  3. Algar Telecom: (+0,89%)
  4. NET Virtua: (+0,56%)
  5. Vivo Fibra: (-0,03%)
  6. Oi Velox: (-0,31%)
Em relação à localidade, seis estados apresentaram redução em banda larga fixa entre outubro e novembro: Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Tocantins. Em 12 meses, todos os estados apresentaram crescimento.
LEIA TAMBÉM:

COMPARTILHAR:

Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários